Google+ Badge

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Veja as opções de investimentos para seu dinheiro

Veja as opções de investimentos para seu dinheiro (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
Onde investir o dinheiro? Eis a questão

São muitas opções de investimentos disponíveis para aplicar, com a poupança, no mercado financeiro.

Mas é preciso conhecer as diferenças e quais delas se encaixam no seu bolso
FÁBIO NÓVOA

Depois de todo o esforço para conseguir economizar seu dinheiro, é preciso cuidar bem dele, correto? Então, antes de diversificar seus investimentos, a partir da poupança, é preciso entender a diferença entre cada um e, principalmente, saber quais são aqueles que se adequam ao seu objetivo e ao seu bolso. Um dos investimentos mais conhecidos é o mercado de ações, onde a pessoa detém parte de uma empresa, e pode ter lucro com compra e venda de acordo com a bolsa de valores, ou pela divisão de lucros. É indicado para quem tem mais recursos e pode esperar por oscilações de longo prazo, afinal os riscos são altos. Outra opção são os títulos de renda fixa. A vantagem é que é possível saber qual será o retorno, que é pré-fixado e o ganho está atrelado a índices, como o CDB (Certificado de Depósito Bancário) e o RDB (Recibo de Depósito Bancário). São títulos tanto privados quanto públicos. Há ainda a opção de investir em Previdência Privada, geralmente indicado ao investidor que pretende guardar dinheiro para ter uma aposentadoria mais tranquila.

SEGURANÇA

Já a poupança é um dos mais seguros, por ter rentabilidade de 0,5% ao mês mais a variação da TR (Taxa de Referência). Além disso, é uma aplicação que não exige muito dinheiro para abrir a conta, possui isenção de Imposto de Renda (o que é vantajoso para empresas, através de pessoas jurídicas). E, além disso, tem a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) para aplicações até R$70.000, o que garante segurança para poupadores e correntista contra crises financeiras.
Segundo o economista Nélio Bordalo, atualmente, com a taxa básica de juros a 14,25% ao ano, existem no mercado financeiro algumas opções rentáveis, com ganhos de 1% ao mês, e com baixo risco, como os títulos bancários: CDB (Certificado de Deposito Bancário), LCI (Letras de Credito Imobiliário) e LCA (Letras de Credito do Agronegócio).

Além desses, existem Títulos Públicos do Tesouro Direto, Fundos DI e outros investimentos. “Na dúvida, consulte o gerente do seu banco para verificar as condições de aplicação”, afirma. Entre as condições a serem verificadas, estão: valor mínimo para aplicar, prazos e taxas de administração. “O importante é identificar a que melhor atende as suas expectativas com menor risco possível”. Ele ensina ainda, para quem tem um recurso significativo à investir, que o melhor é diversificar os investimentos em varias aplicações. “Para não ter surpresas desagradáveis, é importante escolher um fundo que seja compatível com suas necessidades e objetivos de longo prazo”. Antes de contratar um fundo de investimento, é importante conhecer as características do produto, além de verificar se os riscos assumidos são compatíveis com seu perfil de investidor, que se dividem em conservador, moderado ou agressivo.

PERFIL DO INVESTIDOR

Para facilitar o seu investimento, o Banco da Amazônia apresenta a Análise de Perfil do Investidor (API), procedimento amplamente utilizado em outros países, sob a denominação Suitability (adequação), que tem por objetivo auxiliá-lo nas decisões de seus investimentos, trazendo mais segurança em suas aplicações, pois você saberá se o produto em que está investindo é o mais adequado ao seu perfil.

De posse de seu perfil, o banco poderá oferecer produtos adequados às suas necessidades e lhe oferecer investimentos que atendam a seu perfil, como o FIC Amazônia Personalizado RF Longo Prazo. O Fundo tem como objetivo proporcionar aos seus cotistas a valorização de suas cotas por meio da aplicação dos recursos integralmente em cotas de fundos de investimento que apliquem em Títulos Públicos Federais indexados a taxas de juros prefixadas, pós-fixadas (SELIC/CDI) e/ou índices de preços.

O prazo médio da carteira de investimento nos quais o fundo aplica será superior a 365 dias, o que poderá proporcionar ao cotista o benefício fiscal da alíquota de 15%, dependendo do tempo de aplicação, que pode ser feita a partir de R$ 10.000,00. O Banco também oferece aplicações em CDB e LCA (Letra de Crédito do Agronegócio). Na dúvida, procure um gerente.

(Fábio Nóvoa/Diário do Pará/Pararijos NEWS)