Google+ Badge

domingo, 20 de dezembro de 2015

Ponte sobre o rio Moju é reinaugurada


O governador Simão Jatene entregou na manhã de ontem a obra de reconstrução da ponte Moju Cidade, quarta fase do Complexo Alça Viária, o mais importante elo de integração do Pará. Com o renascimento da ponte, fica restaurada definitivamente a ligação rodoviária entre as regiões sul e sudeste do estado, a região metropolitana de Belém e a região portuária de Barcarena.
Um trecho de mais de 70 metros da ponte foi reconstruído depois que uma balsa a serviço da Agropalma, carregada de óleo de dendê, se chocou com o pilar 14 do elevado, provocando a ruptura da construção. Um longo e minucioso trabalho começou depois do acidente, exigindo planejamento e logística inéditos na Amazônia.
“Nossa preocupação sempre foi no sentido de garantir segurança aos trabalhadores e usuários quando a ponte fosse entregue. Quando se decide pela qualidade da obra não há lugar para açodamentos”, afirmou o governador Simão Jatene, durante a entrega da obra. “Por isso, preservamos essa qualidade, levasse o tempo que fosse necessário. Agora, devolvemos a ponte do Moju à população e pudemos constatar o quanto é importante para a integração do Pará o complexo da Alça Viária, cuja integridade está agora completamente restaurada”.
Até a construção de um pórtico de 7 metros de altura foi necessária. Este equipamento, chamado A-frame, deu suporte aos guindastes de última geração instalados nos pontos de fratura da ponte para remover as gigantescas peças de concreto que ficaram dependuradas sobre o rio Moju.
A atenção especial com o meio ambiente, evidenciada na decisão de não usar explosivos e de retirar cuidadosamente todo o concreto remanescente, foi a marca registrada da obra. Ontem, a ponte foi reaberta ao tráfego de veículos após mais de 600 dias de trabalho sem registro algum de acidente.
A fase mais delicada da obra foi a retirada das línguas de concreto, para a qual foram usados mergulhadores e equipamentos especiais de derrocamento do rio onde jaziam toneladas de ruínas. Além disso, foi feita a reconstrução do pilar 14 e o reforço de toda a estrutura remanescente, bem como a desconstrução dos tabuleiros afetados e a restauração das lajes maciças de concreto sobre a qual foi assentada a pista, reaberta ontem pelo governsdor em meio a uma festa popular. (Pararijos NEWS)