Google+ Badge

sábado, 5 de dezembro de 2015

Handebol: No último arremesso…no último segundo… seleção feminina arranca empate diante a Coréia


Os 2 minutos finais da partida de estreia do Brasil no mundial feminino da handebol contra a Coréia, são daqueles para guardar e assistir dezenas de vezes. Como eu já previa, o jogo foi duríssimo, diante da ótima seleção sul-coreana, 6 vezes medalhista olímpica. No jogo todo, o Brasil não conseguiu abrir vantagem.
Faltando 2 minutos, o Brasil perdia por 2 gols: 24 a 22. Diminuiu a vantagem para um gol faltando menos de um minuto. Na sequência ficou com uma jogadora a menos com a punição a Duda Amorim. Com uma defesa incrível da goleira Babi ( foto) , eleita a melhor em quadra, o Brasil recuperou a bola faltando 25 segundos. A jogada foi trabalhada e no último segundo, no último arremesso,  a ponteira Alexandra, que não vinha tão bem na partida, empatou em 24 gols!!! 
A artilheira do Brasil foi Ana Paula com 7 gols. Duda Amorim e Larissa anotaram 4. Alexandra só 2, mas o último valeu um ponto importantíssimo na disputa com França e a própria Coréia, pela liderança do grupo C, o que poderá valer um adversário menos complicado na próxima fase.
No grupo do Brasil, a França atropelou a Alemanha por 30 a 20 e a Argentina bateu Congo por 23 a 15. O próximo jogo do Brasil é contra o modesto Congo, na segunda-feira as 13h. Na terça tem a Alemanha as 17h30.
O destaque da primeira rodada foi a derrota da poderosa Noruega para a Rússia por 26 a 25. No duelo europeu entre Montenegro e Sérvia, empate em 28 gols. Outros favoritos como Espanha, Suécia, Hungria e Dinamarca venceram com facilidade. (Pararijos NEWS)

Papão na Copa Verde


Paysandu será um dos representantes do Pará na Copa Verde 2016. A oficialização está prevista para o dia nove de dezembro, quando a Confederação Brasileira de Futebol irá divulgar a tabela detalhada da competição. Dessa vez, a garantia foi dada pelo presidente da Federação Paraense de Futebol, Antônio Carlos Nunes. “O Paysandu está garantido. Veja bem... Não é o coronel Nunes quem está dizendo. Quem está garantindo é o Esporte Interativo, que detém o direito de transmissão do evento”, sacramentou Nunes, que conversou com a reportagem ontem, dois dias após voltar do Rio de Janeiro, quando foi avisado por Manoel Flores, diretor de competição da CBF a respeito da mudança do regulamento da Copa Verde.
Para Antônio Carlos Nunes, o peso da torcida bicolor foi determinante para que o patrocinador master da competição alterasse o critério para se credenciar a disputa, além da mudança no formato. “O Esporte Interativo está maravilhado com a força da torcida paraense e, em um evento nacional, acompanhei um clipe feito por eles sobre a Copa Verde. Eles mostraram a torcida do Paysandu rodeando o ônibus do time naquela final de 2014. Todos ficaram encantados”, avaliou Nunes. O EI banca transporte, hospedagem e alimentação da competição e é, portanto, o patrocinador principal da Copa Verde.  “Diante do fato de bancar as despesas da competição e considerando que o regulamento de qualquer competição pode ser mudado a cada dois anos, como está previsto no Estatuto do Torcedor, não vai ter obstáculo para a inclusão do Paysandu, que está baseado no Ranking Nacional de Clubes”, decretou Antônio Carlos Nunes. (Pararijos NEWS)

Ladrão leva facada até na cara


Um homem identificado apenas como “Galo Cego” foi encontrado morto no bairro do Icuí-Guajará, em Ananindeua, na manhã de ontem. Ele foi esfaqueado no peito, na garganta e no rosto. Uma faca ficou atravessada e saía pela boca da vítima. As duas armas usadas no crime foram deixadas no local e serão analisadas pelos peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. De acordo com a polícia, o homem era conhecido por fazer furtos e roubos no bairro.
Uma pessoa ligou para o Centro Integrado de Operações (Ciop) e informou que o corpo havia sido encontrado na estrada do Japonês, que fica perto de uma granja e do Clube dos Cabos e Soldados, no Icuí-Guajará. Em frente a uma propriedade privada há um lote onde, à noite, criminosos e moradores de rua se reúnem para consumir drogas ou dividir itens roubados. Há muito mato e lixo no terreno onde “Galo Cego” foi encontrado.
O homem tinha uma perfuração no olho direito. Ele aparentava ser cego do olho esquerdo e isso motivava o apelido. Havia uma facada no peito, que causou hemorragia. Somente policiais militares o reconheceram e nenhum parente foi encontrado. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML). Até o início da tarde a identidade da vítima era desconhecida. (Pararijos NEWS)

Atriz será Xica da Silva sensual



Não foi só um amor de Carnaval. Erika Januza virou mesmo Império da Tijuca -escola de samba do grupo A do Rio de Janeiro-, e já está esquentando os tamborins para o Carnaval 2016 na escola. A atriz viverá Xica da Silva no enredo que vai homenagear o ator José Wilker -que foi o contratador de Xica no cinema-, e esteve no barracão da Império da Tijuca para tirar as medidas de sua fantasia.
Sob os olhares atentos do carnavalesco Júnior Pernambucano e do diretor artístico Marcelo Martins, ela conheceu um pouco de como o enredo será desenvolvido e falou sobre o desfile.
“Nesse Carnaval 2016, eu vou viver um verdadeiro sonho na Sapucaí: passar representando Xica da Silva. Xica sempre foi meu sonho de vida! Até torço por um remake onde eu possa atuar. Ela foi uma personagem muito marcante para mim, uma representatividade negra na TV e eu cresci assistindo ao trabalho da Taís Araújo, de quem também sou muito fã”, disse ela que, ao viver o personagem no sambódromo, já está preparada para a sensualidade.
“Remete muito ao que foi Xica da Silva e, melhor, nos moldes do carnaval. Xica da Silva era muito sensual, né? E o carnaval nos permite sensualizar. É um momento de sensualizar, de se mostrar. Por mais que a pessoa, no seu dia-dia, não seja sensual, no carnaval, ali na hora do desfile, ela se permite. E comigo não vai ser diferente”, adiantou ela, que disse ainda ter aderido à musculação para passar com tudo em cima na avenida.
“E, claro, não posso relaxar, né? Estou toda focada no projeto Carnaval 2016! Malhando de verdade, antes fazia pilates, mas agora meu negócio é musculação mesmo. Estou levando a sério”, disse a bela. (Pararijos NEWS)

Fraudes em planos de manejo chegam a R$ 28 milhões

Fraudes em planos de manejo chegam a R$ 28 milhões (Foto: Bruno Carachesti/Diário do Pará)
PF e outros órgãos federais cumprem mandados de prisão na RMB e em Tailândia, Santarém, Portel e Almeirim. (Foto: Bruno Carachesti/Diário do Pará)
A operação Tabebúia – nome científico da árvore ipê - iniciou, na manhã de ontem, o cumprimento de mandados judiciais para combater um esquema de desmatamento ilegal e farsa em sistemas florestais que envolvem 5 empresas exportadoras de madeira com atuação no Pará. A fraude ultrapassa R$28, 4 milhões. Até o final da manhã de ontem, 3 mandados de condução coercitiva e 8 de prisão temporária haviam sido cumpridas, sendo 6 na Região Metropolitana de Belém (RMB). 
Iniciada a partir de uma suspeita do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), as investigações flagraram uma concentração de ipê superior à declarada no plano de manejo florestal intitulado PMFS Jovino Vilhena, também chamado de Fazenda Esmeralda, que está localizado no município de Santarém. Através dos dados do Sisflora – sistema que registra a movimentação dos produtos florestais comercializados – foi identificado que tal plano afirmava transportar grandes quantidades de ipê para a empresa exportadora Jari Florestal S/A, localizada a 500 km da sede do plano de manejo.
Porém, as declarações apontavam que o percurso entre o plano e a Jari era cumprido em uma hora e, em alguns casos em até em 10 minutos, quando seriam necessários dias para cumpri-lo. Tratava-se de transportes de madeira ‘virtuais’ que eram registrados no sistema, mas que não existiam na prática. As movimentações feitas apenas pelo PMSF Jovino Vilhena entre 23 de dezembro de 2014 e 27 de fevereiro de 2015 já foram responsáveis por um rombo de R$28, 4 milhões, sendo R$11,7 milhões relacionados às transações apenas de ipê. 
Segundo o superintendente do Ibama, Alex Lacerda, do total de planos de manejo vistoriados pelo instituto, foram identificadas fraudes em mais de 90%. “Essas empresas estão bloqueadas, não podem comercializar, já foram autuadas e vão responder, agora, criminalmente”, garante. Além do Pará, a ação envolveu ainda buscas e apreensões nos Estados de Minas Gerais, Paraná e São Paulo. 
A operação é realizada em conjunto pela Polícia Federal (PF), Ministério Público Federal (MPF), Ibama e Justiça Federal. Procuradora do MPF, Nayana Fadul explicou que a fraude era executada para ‘esquentar’ carregamentos de madeira ilegais que eram extraídas de áreas indígenas ou de proteção ambiental. Declarando, através da inserção de créditos de madeira ‘virtuais’ no sistema, que o carregamento havia sido retirado de uma área com permissão para tal, os fraudadores faziam com que a madeira comercializada parecesse ‘legal’. 

EMPRESAS
Conforme a PF, a partir da identificação do envolvimento do Plano de Manejo Jovino Vilhena com a empresa Jari Florestal S/A, iniciou-se o estabelecimento de vínculos do mesmo plano florestal com outras 4 empresas que também teriam recebido ipê. São elas: Pampa Exportações; Irmãos Alvarenga Indústria e Comércio de Madeira; KM Comércio e Exportação de Madeiras e a Legno Trade Comércio, Importação e Exportação de Madeira. (Pararijos NEWS)

Eliseu Padilha protocola carta de demissão

Eliseu Padilha protocola carta de demissão (Foto: Pedro França/Agência Senado)
(Foto: Pedro França/Agência Senado)
O ministro Eliseu Padilha deverá deixar a Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República nos próximos dias. Segundo o ex-deputado Geddel Viera Lima (PMDB-BA), o ministro “já entregou a sua carta de demissão”. Vieira Lima informou que Eliseu Padilha tinha que viajar e, por isso, não pode esperar o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, para conversar e decidiu protocolar a carta de demissão.
“Ele [Eliseu Padilha] já saiu, já entregou a carta. O governo já está oferecendo o ministério para o PMDB”, disse o ex-líder do PMDB, Geddel Vieira Lima. Segundo aliados do ministro, Padilha teria ficado chateado no governo em função de uma indicação que teria feito para a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e depois viu a nomeação ser revogada.
De acordo com a assessoria de Eliseu Padilha, ele só irá se pronunciar oficialmente sobre se sai ou não do governo após conversar com a presidenta Dilma Rousseff.
Outros peemedebistas ligados a Padilha também confirmaram que o ministro já protocolou sua carta de demissão da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República.
(Agência Brasil/Pararijos NEWS)

Polícia incinera meia tonelada de drogas em Belém

Polícia incinera meia tonelada de drogas em Belém (Foto: Mauro Ângelo)
Droga incinerada foi aprendida durante operações na Região Metropolitana de Belém (Foto: Mauro Ângelo)
Nesta sexta-feira (04) cerca de meia tonelada de drogas será incinerada, entre maconha, do tipo haxixe, cocaína e a nova droga conhecida como “Skank” ou “Supermaconha”. O processo de incineração acontecerá no bairro da Pedreirinha, em Marituba, Região Metropolitana de Belém. A droga é fruto de apreensões realizadas neste ano durante operações na capital e interior.
As drogas foram apreendidas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE). A incineração foi autorizada pela justiça.
(DOL/Pararijos NEWS com informações da Polícia Civil)

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

CASO ALEPA - Mylene Rodrigues tinha salário de R$ 800,00, mas recebia R$ 25 mil

Mais uma vez, a antiga chefe da Divisão de Pessoal da Assembleia Legislativa do Estado (Alepa), Mônica Pinto, que teve homologado o benefício de delação premiada no processo que apura a inclusão de funcionários "fantasmas" e "laranjas" na folha de pagamento da Casa, foi apontada como a mentora e quem comandava o esquema fraudulento. Na manhã de ontem, ao ser interrogada, Mylene Rodrigues, ex-servidora da Alepa e acusada de conseguir documentos de pessoas de baixa renda, inclusive empregadas domésticas que trabalhavam na sua família, para serem inseridas na folha, alegou que não sabia a real destinação desses documentos e que só os entregou para Mônica, de quem era amiga há mais de dez anos, porque acreditava que ela entregaria cestas básicas e brinquedos para essas pessoas.
Segundo Mylene, Mônica pediu nomes de pessoas carentes para fazer um cadastro de doação. "Eu disse que sim. Tanto que essas pessoas eram empregadas que eu tinha, que eu sabia que tinham filhos e netos, para receberem os brinquedos e alimentos", declarou a ré, afirmando ainda que só soube que esses nomes foram incluídos na folha de pagamento da Alepa quando o caso veio à tona. (Pararijos NEWS)

PT: impeachment não passa de 'sórdida vingança'


:
“O pedido de impeachment, cujos autores se comprazem com o oportunismo do presidente da Câmara, não passa de sórdida vingança. Como se sabe, o indigitado mandatário, acuado por denúncias de corrupção e às voltas com dois processos à espera de manifestação do STF, respondeu com truculência e ilegalidade à rejeição de manobras espúrias para proteger o cargo e o mandato”, diz nota do Partido dos Trabalhadores, após reunião conduzida pelo presidente Rui Falcão; PT também criticou o desejo de "tapetão", que vem sendo vocalizado pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), que se aliou a Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para tentar apear a presidente Dilma Rousseff da presidência da República. (Pararijos NEWS)

Polícia Federal esteve novamente na Assembleia Legislativa

: Agentes da Polícia Federal (PF) estiveram nesta quarta-feira no prédio da Assembleia Legislativa do Estado (Alap) a procura de servidores da referida Casa de Leis; Desde maio o poder legislativo amapaense é investigado pelo Ministério Público Federal e PF em razão da ocorrência de declarações fraudulentas de compensações de créditos tributários inexistentes, chamados de "Créditos Podres".
4 de Dezembro de 2015 às 11:02

Cacaio desabafa no Facebook sobre situação remista

Cacaio desabafa no Facebook sobre situação remista (Foto: Mário Quadros)
(Foto: Mário Quadros)
Cacaio, responsável pelo acesso remista à Série C, usou seu perfil no Facebook para fazer um desabafo nesta sexta-feira (4). O treinador não renovou com o Clube do Remo, o que gerou grande comoção entre os torcedores.
Porém, no desabafo de hoje Cacaio dá explicações sobre oque motivou sua saída do clube.
Veja:
(DOL/Pararijos NEWS)

Congresso eleva teto para aposentadoria


O Congresso Nacional derrubou ontem o veto da presidente Dilma Rousseff à elevação de 70 para 75 anos da aposentadoria compulsória em todas as esferas do serviço público do país. A proposta prevê que, além dos servidores da União, dos estados e dos municípios, também serão beneficiados com a nova regra os integrantes do Judiciário, do Ministério Público, das Defensorias Públicas e dos Tribunais e dos Conselhos de Contas.
A mudança no teto de aposentadoria do funcionalismo havia sido aprovada em setembro pelo Congresso Nacional. No mês seguinte, Dilma vetou a proposta com a justificativa de que havia um vício de origem na tramitação do projeto.
Segundo ela, o texto aprovado pelos congressistas "contraria" trecho do artigo 61 da Constituição, que trata das iniciativas da Presidência da República. Este dispositivo constitucional afirma que cabe ao Executivo federal decidir sobre a aposentadoria no serviço público.
No embasamento do projeto, o Legislativo destacou que a elevação do teto de aposentadoria compulsória no serviço público geraria uma economia entre R$ 800 milhões a R$ 1,4 bilhão por ano aos cofres da União nos próximos 55 anos. A explicação é que com a mudança os servidores passariam a se aposentariam "tardiamente".
Na ocasião em que Dilma vetou a proposta, o Ministério do Planejamento informou que não tinha feito estimativas para avaliar se o projeto elevaria ou reduziria os gastos do governo federal. (Pararijos NEWS)

Papão na disputa COPA VERDE


O Paysandu será um dos representantes do Pará na Copa Verde 2016. A oficialização está prevista para a próxima quarta-feira, 9 de dezembro, quando a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) irá divulgar a tabela detalhada da competição. Dessa vez, a garantia foi dada pelo presidente da Federação Paraense de Futebol, Antônio Carlos Nunes de Lima. “O Paysandu está garantido. Veja bem... Não é o coronel Nunes quem está dizendo. Quem está garantindo é o Esporte Interativo (TV), que detém o direito de transmissão do evento”, sacramentou Nunes, que conversou com a reportagem ontem, dois dias após voltar do Rio de Janeiro, quando foi avisado por Manoel Flores, diretor de competição da CBF a respeito da mudança do regulamento da Copa Verde.
Para Antônio Carlos Nunes, o peso da torcida bicolor foi determinante para que o patrocinador máster da competição alterasse o critério para se credenciar à disputa, além da mudança no formato. “O Esporte Interativo está maravilhado com a força da torcida paraense e, em um evento nacional, acompanhei um clipe feito por eles sobre a Copa Verde. Eles mostraram a torcida do Paysandu rodeando o ônibus do time naquela final de 2014. Todos ficaram encantados”, avaliou Nunes.
O Esporte Interativo banca transporte, hospedagem e alimentação das equipes disputantes da competição e é, portanto, o patrocinador principal da Copa Verde.  “Diante do fato de bancar as despesas da competição e considerando que o regulamento de qualquer competição pode ser mudado a cada dois anos, como está previsto no Estatuto do Torcedor, não vai ter obstáculo para a inclusão do Paysandu, baseando-se no Ranking Nacional de Clubes”, afirmou Antônio Carlos Nunes de Lima.
Para 2016, tudo indica que a Copa Verde terá 18 clubes, incluindo o estado de Goiás e o time do mesmo nome. Segundo a indicação do diretor de competições da CBF, baseado em uma imposição do Esporte Interativo, o Pará terá duas vagas e não três como anteriormente fôra anunciado. Uma vaga será do campeão paraense da temporada anterior, no caso, o Clube do Remo. A outra será do clube mais bem posicionado no Ranking Nacional, que é o Paysandu. “Nós recebemos este documento e fala claramente no nome de Paysandu e Remo.” (Pararijos NEWS)

“Eu dava tudo para a Mônica”, diz Elzilene


No esquema fraudulento na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Pará, Elzilene Maria Lima Araújo é acusada de receber quase R$ 1 milhão, embora seu salário oficial fosse de apenas R$ 650,00. Mas, ontem, durante audiência, ela afirmou que todo o dinheiro que caía em sua conta era repassado para Mônica Pinto e, também, para o então deputado estadual José Robson do Nascimento, o "Robgol", em cujo gabinete era lotada. Em troca do repasse desses valores, disse que Mônica dava a ela R$ 1.500,00 ou R$ 2 mil. O depoimento de Elzilene, prestado à juíza da 11ª Vara Penal de Belém, Alda Gessyane Tuma, durou três horas, começando por volta das 13h30.
Ela também disse que, graças a essas fraudes, seu salário chegou a R$ 25 mil, mas que não ficava com esse dinheiro. Além de Elzilene, também figuravam na folha de pagamento do gabinete do então deputado "Robgol" outros três irmãos dela e dois amigos. Somando o que ela e os seus três irmãos recebiam, R$ 1,6 milhão passaram pela sua conta, ainda conforme a acusação que pesa contra Elzilene.
Por ter movimentado tanto dinheiro, e não ter declarado essa renda à Receita Federal, ela afirmou que responde processo por sonegação de impostos. Elzilene disse ainda que entrou na Alepa em 2002 e trabalhou no setor da folha de pagamento até 2009. Responsável por receber os valores mensais daqueles apontados como "fantasmas", Elzilene disse que, por mês, arrecadava de R$ 30 mil a R$ 40 mil.
“Era muito dinheiro. Mas eu dava tudo para a Mônica”, afirmou. “Os valores a mais, enxertados nos contracheques, eu entregava para a Mônica”, afirmou. Já os outros valores, pagos aos "fantasmas" de Robgol, eram repassados diretamente a esse deputado estadual, acrescentou. Elzilene também disse que, enquanto trabalhou no gabinete de Robgol, o que fez a partir de 2010, seu salário chegava a pouco mais de R$ 4 mil, mas que repassava todo esse dinheiro para o então deputado. "Ele não me dava nada. Só o tíquete-alimentação", afirmou.
Com os enxertos, e já na reta final do esquema fraudulento, é que ela disse que seu vencimento mensal chegou a R$ 25 mil, o maior valor que disse ter recebido por mês. Em outro trecho de seu depoimento, Elzilene afirmou que tinha "medo" de Mônica, que a "humilhava". Mas que continuava fazendo aquele trabalho porque precisava do emprego para se manter. "A Mônica mostrava ter poder. Tudo o que ela queria ela conseguia. Ela era minha chefe imediata", afirmou Elzilene, que ficou cinco dias presa provisoriamente e recolhida no quartel do Corpo de Bombeiros. Ela afirmou ainda que, de tanto levar documentos à instituição bancária, para fazer depósitos e saques, ficou com o apelido de "Maria Envelope".
Advogado de "Robgol", Roberto Lauria disse que Elzilene afirmou que sacava o dinheiro e o entregava nas mãos do "Robgol". "Insiste-se em atribuir ao 'Robgol' algo tido como crime e que é absolutamente usual na Alepa. Há assessores de gabinete que não prestam expediente interno. Nós já provamos à exaustão que todos os deputados praticam isso. Até porque eles podem contratar 41 assessores parlamentares. Nem o espaço (do gabinete) comporta isso (todos esses servidores). Qual é a praxe recorrente: uma pessoa, no gabinete, fica responsável em recolher os salários, deixá-los à disposição no gabinete e cada um, no momento em que passar por lá, pega o seu quinhão. A senhora Elzilene sacava os salários de todos e deixava lá. E, quando cada um ia lá, pegava o seu salário respectivo. Não há nenhuma apropriação indevida por parte do deputado Robson nesse sentido. É usual em todos os gabinetes", afirmou Lauria.
Para o promotor de Justiça Arnaldo Azevedo, o depoimento de Elzilene foi "esclarecedor". "Até agora, nenhum dos réus aqui negou a existência do esquema na folha de pagamento. Todos confirmam a existência. Todos evidentemente atribuem o esquema a Mônica Pinto, o que já era de se esperar. O esquema movimentava várias pessoas e, evidentemente, não poderia ser feito com apenas a participação exclusiva da Mônica. Todos, de alguma forma, contribuíram direta ou indiretamente para a inserção de vantagens e de 'fantasmas' na folha", disse. (Pararijos NEWS)

STF manda investigar Jader

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou ontem, a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a abertura de dois inquéritos para investigar na Operação Lava Jato o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), os senadores Jader Barbalho (PMDB-PA) e Delcídio do Amaral (PT-MS), além do deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE).
Os pedidos de abertura de investigação foram feitos anteontem, pela Procuradoria-Geral da República. Com a decisão, Barbalho e Delcídio, que foi preso na semana passada por determinação do Supremo, passam a ser investigados na Lava Jato. Calheiros e Gomes são investigados pelo STF em outro inquérito, aberto em março, após as primeiras denúncias do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. (Pararijos NEWS)

Anulação é rejeitada pelo STF


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes negou, ontem à noite, o pedido de desistência dos deputados do PT de uma ação que tentava anular a decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB­RJ), que acolheu o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Com duras críticas ao ato dos petistas, Mendes também rejeitou o pedido de liminar (decisão provisória) para tornar sem efeito o ato de Cunha, sob a argumentação de desvio de finalidade.
Os deputados requereram a retirada da ação depois que Gilmar foi sorteado pelo sistema do Supremo como relator. Segundo o ministro, não há elementos que justifiquem a desistência da ação. Para Gilmar, a atitude do PT representa "clara fraude à distribuição processual e constitui ato temerário e ofensivo não a essa relatoria, mas ao Poder Judiciário". O ministro pediu que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) apure eventual responsabilidade disciplinar no caso. "Ninguém pode escolher seu juiz de acordo com sua conveniência, razão pela qual tal prática deve ser combatida severamente por esta Corte, de acordo com os preceitos legais pertinentes", afirmou o ministro. (Pararijos NEWS)

Índia fica nua pelo verdão


Depois de assistir a vitória do Palmeiras contra o Santos na Copa do Brasil anteontem (2), Cíntia Vallentim, conhecida como Índia Fitness, cumpriu sua promessa de ficar nua, caso seu time ganhasse. Ao lado de Karol Schwonke, ela torceu pelo Porco e a Panicat pelo Peixe. As duas prometeram tirar a roupa pelo time do coração.
Assim que acabou a partida, Cíntia honrou sua palavra e tirou a roupa. “Já que está na moda fazer promessas e ficar nua pelo time, meu Palmeiras merece. E quando eu prometo, eu cumpro”, disse ela.
A Índia Fitnes aproveitou para alfinetar Maitê Proença, que prometeu ficar nua caso o Botafogo retornasse à série A do Campeonato Brasileiro - mas acabou ficando com um maiô transparente, que escondia suas partes íntimas, para a decepção dos fãs. “Diferente da Maitê Proença, que promete, mas não cumpre, eu cumpri o que disse. Eu sou índia, eu posso. Sou autêntica!”, declarou. (Pararijos NEWS)

Casal é crivado de balas, em Ananindeua


Um casal foi assassinado a tiros, na madrugada de ontem, em casa, na Cidade Nova 7, em Ananindeua. Leonardo Cosme Pororoca Rodrigues, de 21 anos, foi atingido cinco vezes (quatro na cabeça e uma no braço). Edicléia do Socorro Alves do Nascimento, de 31 anos, foi alvejada três vezes na cabeça e uma no braço. Ambos morreram na hora. Um carro branco com três homens foi visto no local, mas saindo rapidamente. Nada foi levado das vítimas. Duas crianças ficaram órfãs. Uma das linhas de investigação é de crime passional.
Edicléia era casada com Marcelo Vilhena Bezerra, de 32 anos. Porém, desde 2011 ela o denunciava por agressões e ameaças. Em agosto de 2011, ela foi molestada e ameaçada por ele, que disse: “Vou te matar! Safada! Vagabunda!”, como registrado no boletim de ocorrência. Ela não aceitou abrigo do Estado, mas solicitou outras medidas protetivas. Em 8 de outubro deste ano, Edicléia foi derrubada de uma moto por Marcelo e teve os cabelos puxados durante nova ameaça. Policiais militares numa viatura próxima a atenderam, mas não conseguiram encontrar o ex-companheiro, que fugiu.
Edicléia morava com Leonardo havia mais de um ano. Ele já havia sido preso por roubo e as polícias Civil e Militar suspeitavam do envolvimento dele com tráfico de drogas. “Ninguém sabe muito sobre o caso ou o que poderia ter motivado. O único conflito que havia era de uma desavença do casal com o ex-marido de Edicléia. Veio o carro branco com três homens que invadiram a casa e executaram o casal”, disse a delegada Cristina Esteves, da Divisão de Homicídios.
O crime será investigado pela seccional da Cidade Nova. Quem tiver informações úteis para as investigações pode entrar em contato por meio do Disque-Denúncia (181). Não é preciso se identificar e a ligação é gratuita. (Pararijos NEWS)

Samuel Cândido é do Pantera

Samuel Cândido é do Pantera (Foto: Reprodução/Facebook)
Samuel Cândido comanda o São Raimundo no Parazão 2016. (Foto: Reprodução/Facebook)
A diretoria do São Raimundo utilizou as redes sociais para anunciar o seu novo treinador para a disputa do Campeonato Paraense de 2016. Samuel Cândido vai assumir o Pantera no estadual.
O treinador deixou a categoria de base do Paysandu e acabou sendo contratado pela diretoria do clube santareno, que retorna a elite do futebol paraense.
O treinador tem a experiência de comandar vários clubes do futebol, com direito ao título de campeão paraense de 2007, pelo Clube do Remo.
O clube teve como treinador no Campeonato Paraense da Segunda Divisão Lecheva, que retornou ao Independente de Tucuruí.
Mesmo sem a divulgação da tabela, o Pantera fará abertura do Parazão contra o Tapajós, no dia 30 de janeiro, em Santarém.
(Diego Beckman/DOL/Pararijos NEWS)

Porto de Vila do Conde será expandido

Porto de Vila do Conde será expandido  (Foto: Octavio Cardoso)
(Foto: Octavio Cardoso)
Mais um passo foi dado para viabilizar os investimentos no Estado do Pará. O ministro da Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP), Helder Barbalho, assinou na última quarta-feira (2) a Portaria nº 542, que trata do projeto de investimento em infraestrutura para expansão do Terminal Portuário de Vila do Conde. O convênio aprova o enquadramento para fins de adesão ao Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento de Infraestrutura (Reidi), o porto da empresa Terminal de Grãos Ponta da Montanha (TGPM), do grupo ADM do Brasil.
O projeto de Ponta da Montanha prevê investimentos da ordem de R$ 202 milhões na ampliação de capacidade e de área do Terminal de Uso Privado (TUP) da empresa. O projeto também contempla a construção de terminal flutuante para recebimento e descarga de barcaças e instalação de novo silo graneleiro com capacidade para 120 mil toneladas de grãos. O terminal começou a operar no ano de 1996, sob responsabilidade da empresa Vale, inicialmente para movimentação de granel mineral. Foi adquirido em 2012 pela empresa ADM do Brasil, que o transformou para movimentação de granel sólido e, em julho de 2014, iniciou as operações para escoamento de grãos, como soja e milho, provenientes da região Centro-Oeste do País e outras localidades.
MANAUS
Já ontem (3), o ministro Helder Barbalho, assinou contrato que autoriza a construção e exploração da Estação de Transbordo de Carga, em Manaus (AM). A unidade será um Terminal de Uso Privado (TUP) operado pela Ponta Negra Administração e Empreendimentos. “Esse é um investimento que se soma a todos os outros já anunciados por aqueles que querem investir no Brasil”, comemorou o ministro. O investimento no TUP será de R$ 1,86 milhão e terá prazo de implantação de 3 anos, prorrogável por igual período, a critério da SEP. “Estamos engajados para desenvolver nosso projeto portuário no estado do Amazonas”, afirmou Leonor do Carmo Mota Vila, acionista da Ponta Negra.
A área autorizada para exploração é de 26.090,20 m² (vinte e seis mil e noventa metros quadrados e vinte centésimos). O contrato terá vigência de 25 (vinte e cinco) anos, contados da data da assinatura e é prorrogável por períodos sucessivos, manifestando interesse nessa prorrogação com 18 meses de antecedência de sua expiração, devendo apresentar proposta de novos investimentos para a expansão e modernização das instalações portuárias.
(Diário do Pará/Pararijos NEWS)

Ataque hacker atrasa votação

Ataque hacker atrasa votação (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
A Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Assembleia Legislativa (CFFO) determinou, na última quarta-feira (02), a prorrogação do prazo de entrega de emendas parlamentares ao Plano Plurianual 2016-2019, bem como à Lei Orçamentária Anual (LOA 2016).
As datas limites, que seriam 2 e 4 de dezembro, respectivamente, foram estendidas para 9 e 10 do mesmo mês por conta de um ataque hacker sofrido em outubro pelo sistema de dados internos da AL, o que emperrou o andamento da apresentação de emendas por parte dos deputados. A LOA prevê receita para o Estado no valor de R$ 23,3 bilhões, o mesmo valor do orçamento deste ano que termina.
Para garantir que o recesso de fim de ano se inicie no dia 20, como prevê o regimento interno da AL, as lideranças da casa deverão se reunir nos próximos dias com o presidente, Márcio Miranda (DEM), para propor a realização de sessões plenárias, que usualmente só ocorrem às terças e quartas, também às quintas-feiras, até o fim do ano legislativo. Os projetos devem ‘descer’ para votação no plenário a partir dos dias 15 (PPA) e 17 (LOA). Presidente da CFFO, o deputado Junior Hage (PR), disse que o PPA, instrumento de planejamento governamental de médio prazo, já recebeu 940 emendas, e a LOA, que elenca prioridades do PPA e metas para o ano, mais de 500, e ambos os números devem ultrapassar a casa dos 4 dígitos com a dilatação dos prazos.
(Carolina Menezes/Diário do Pará)/Pararijos NEWS

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Melgaço e Vigia disputam título do interior

Melgaço e Vigia disputam título do interior (Foto: Cezar Magalhães/DOL)
O Campeonato Paraense de seleções do interior, o chamado Intermunicipal chega a sua decisão no próximo sábado (5). O torneio é conhecido por revelar jogadores para o futebol paraense, além de ter alguns nomes curiosos.
No estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, as seleções de Melgaço e Vigia disputam o título da competição às 15h30, com arbitragem de Andrey da Silva e Silva.
O torneio reúne diversas seleções do interior do estado e já revelou grandes jogadores do futebol paraense, como por exemplo, o atacante Balão, que após se destacar pela seleção de São Francisco do Pará atuou em Remo e Paysandu.
(Diego Beckman/DOL/Pararijos NEWS)

Trabalhadores fecham parte de via em protesto

Trabalhadores da Construção Civil interditam na manhã desta quinta-feira (3) parte da rua Antônio Barreto, no bairro do Umarizal, em Belém, durante uma manifestação cobrando o pagamento de benefícios da construtora TechCasa.
Segundo o sindicato dos Trabalhadores da Constução Civil, a categoria reivindica o pagamento de salários atrasados, pagamento do 13º e o recolhimento do FGTS pela empresa.
Os trabalhadores seguem em caminhada até o Ministério Público do Trabalho (MPT), na avenida José Malcher, onde continuarão a manifestação.
(DOL/Pararijos NEWS)

Ameaçada, equipe da Globo não entra em estádio

Ameaçada, equipe da Globo não entra em estádio (Foto: Reprodução/Globo)
(Foto: Reprodução/Globo)
A equipe da TV Globo que faria a transmissão da final da Copa do Brasil entre Palmeiras e Santos, na noite desta quarta-feira, no Allianz Parque, não conseguiu entrar no estádio alviverde após uma tentativa de agressão dos torcedores da casa.
Ameaçada com garrafas, a equipe acabou recuando e retornou para a redação da emissora e transmitiu o segundo jogo da decisão do estúdio.
Estavam no veículo o narrador Cléber Machado e o time de comentáristas formado pelos ex-jogadores Casagrande e Caio e pelo ex-árbitro Paulo César de Oliveira. Todos fariam a transmissão do estádio.
Um dos protestos comuns da torcida do Palmeiras contra a TV Globo tem a ver com o fato da emissora não chamar o estádio alviverde pelo nome do patrocinador. Nas transmissões adota o nome de Arena do Palmeiras, o que gera protestos na internet.
Nos pênaltis, Palmeiras é campeão diante do Santos. (Divulgação/CBF)
Desde às 17h os arredores do Allianz Parque já estavam com elevado fluxo de torcedores, especialmente a Rua Palestra Itália, onde fica um dos portões de acesso. A Polícia Militar chegou a auxiliar alguns veículos de imprensa que trafegavam pelo local.
A torcida organizada do Santos ficou boa parte do primeiro tempo fora do estádio por medida de segurança da PM. Quando todos os integrantes terminaram de acessar o Allianz Parque a partida já estava nos minutos finais da primeira etapa.
(DOL, Pararijos NEWS com informações de ESPN)

Verdão conquista o tri


Eles têm mais técnica? O Palmeiras tem fibra. Eles são favoritos? O Palmeiras tem um Allianz Parque de estourar os tímpanos. Eles têm a vantagem de ter vencido por 1 a 0 na Vila? O Palmeiras tem o gigante Dudu para fazer dois gols. Eles têm Ricardo Oliveira para adiar a volta olímpica com um gol no fim? O Palmeiras tem Prass, que não se contenta em defender e agora também faz gol para decidir nos pênaltis. O Palmeiras é copeiro. É tricampeão da Copa do Brasil: 1998, 2012 e 2015. Volta olímpica na nova arena alviverde? Nem precisa dizer quem deu a primeira...
Só 90 minutos não seriam suficientes para o tamanho desta conquista. A vitória por 2 a 1 no tempo normal virou detalhe quando, nos pênaltis, Prass fez o gol da vitória por 4 a 3 e do título. Antes, ele viu Marquinhos Gabriel bater por cima, defendeu o tiro de Gustavo Henrique e por pouco não encerrou a disputa no pênalti de seu desafeto, Ricardo Oliveira.
Conduzido pela torcida desde a fantástica recepção ao ônibus, o Palmeiras fez ressurgir um futebol que há tempos não se via no time de Marcelo Oliveira. O Verdão jogou com a alta voltagem de Gabriel Jesus mesmo depois de o jovem sentir o ombro machucado e dar lugar a Rafael Marques, aos 40 minutos do primeiro tempo. Àquela altura, o Santos já tinha Werley na vaga de David Braz, outro a sair machucado.
O Palmeiras precisava de um gol para diminuir a tensão. E ele veio aos 11 minutos da etapa final, com Dudu, após ótimo pivô de Barrios (que partida!) e passe de Robinho.
O Palmeiras precisava de outro gol para evitar o drama dos pênaltis. E ele veio aos 39 minutos, de novo com Dudu, aproveitando desvio de Vitor Hugo em uma falta lateral.
Estava pronto o enredo da conquista alviverde, mas o futebol sempre será capaz de produzir roteiros inesperados e emocionantes. Aos 41, Ricardo Oliveira, justo ele, venceu Fernando Prass e deixou vivo um Santos que dessa vez não chamou a atenção pelo futebol bonito, mas pela fibra. Um Santos menos Lucas Lima, menos Gabriel, e mais Victor Ferraz. E sempre Ricardo Oliveira. Quer dizer, sempre Fernando Prass. O Palmeiras aumenta assim sua galeria de conquistas nacionais, com 11 no total. (Pararijos NEWS)

Protesto contra o DETRAN em Breves

Mototaxistas se reuniram na tarde de ontem (2) e fizeram um manifesto na cidade de Breves pedindo que não fosse feita nenhuma ação na cidade pelos funcionários do DETRAN, que de acordo com informações teriam vindo da capital somente para realizar a ação. Nas redes sociais muito manifesto contrário ao órgão, que ainda não tomou iniciativa sobre o assunto. A PM conteve os mais exaltados. O fórum de Breves (foto) foi um dos locais procurados pelos mototaxistas para reivindicar suas queixas.
Segundo uma publicação sobre o assunto no Facebook dizia o seguinte:  "Estão pensando que o povo de Breves ainda são aqueles BANANAS que aceita essa palhaçada todo mês de dezembro... Vão procurar outros bestas meu para sugar dinheiro para o Peru de Natal de vcs".
De acordo com informações hoje o mesmo grupo pretende realizar outro manifesto com mais mototaxistas. (Pararijos NEWS)

Bandido chantageava mulheres


Clenilton Pereira de Lima, de 25 anos, foi preso ontem à tarde, no bairro de Águas Negras, no distrito de Icoaraci, pela Divisão de Prevenção e Repressão a Crimes Tecnológicos (DPRCT). De acordo com a polícia, ele usava um perfil falso no Facebook para extorquir dinheiro de mulheres. O homem ameaçava divulgar vídeos íntimos das vítimas. Clenilton, que era foragido do sistema penitenciário desde 2013, já respondia a nove processos por extorsão, roubo qualificado e homicídio.  (Pararijos NEWS)

Professores tentam acabar com descontos salariais

Professores tentam acabar com descontos salariais  (Foto: Fernando Araújo)
Servidores da educação foram para as ruas tentar fazer com que o Governo negocie os dias parados durante a greve dos professores. (Foto: Fernando Araújo)
Reunidos na Praça da Leitura, no bairro de São Brás, cerca de 200 professores saíram em caminhada pela avenida Almirante Barroso, por volta das 11h de ontem, em direção à sede da Secretaria de Estado de Administração (Sead). A categoria também paralisou as atividade por 24 horas. O ato foi mais uma tentativa dos professores de negociar, com o Governo de Simão Jatene, a suspensão dos descontos pelos dias não trabalhados na greve realizada do dia 25 de março até 5 de junho deste ano.
Segundo o coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp), Mateus Ferreira, a categoria vem realizando várias tentativas de negociar com o Governo do Estado. Além da interrupção dos descontos, os professores pretendem fazer um acordo para garantir a reposição das aulas paradas durante a greve. “Queremos fazer um acordo para garantir a reposição das aulas, para que os alunos não fiquem prejudicados”.
A categoria diz que tem uma proposta para apresentar ao Governo, mas encontra dificuldades para negociar. “Estamos discutindo a possibilidade de fechar um acordo. Eles poderiam pagar as faltas com o retroativo do piso que o Estado ainda deve para a categoria, ao invés de continuar com os descontos”, afirma Mateus. (DOL/Pararijos NEWS)

Ex-servidora volta a acusar Mônica Pinto



Segunda acusada a ser interrogada no processo que apura fraudes na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), com a inclusão de funcionários e estagiários "fantasmas" na folha de pagamento da Casa, Semel Charone Palmeira admitiu que indicou nomes de amigos e familiares, entre eles da sogra, do marido e de uma empregada doméstica, para figurarem como servidores do Poder Legislativo, sem que eles trabalhassem lá. Porém, alegou que foi pressionada pela ex-chefe da Divisão de Pessoal, Mônica Pinto, para participar do esquema.
Acompanhada de seus advogados, Ana Maria Leal e Américo Leal, ela foi ouvida na manhã de ontem pela juíza da 11ª Vara Penal de Belém, Alda Gessyane Tuma, em audiência que contou com a presença também dos promotores do Ministério Público, Arnaldo Azevedo e Márcia Beatriz Reis, e dos defensores dos outros treze acusados. Antes do interrogatório, os advogados de Semel pediram que fosse preservada a imagem da ex-servidora e a imprensa não foi autorizada a filmar ou fazer fotos. Ela chegou ao local de cabeça baixa e tentando esconder o rosto. Os advogados avisaram, ainda, que a ré não responderia às perguntas formuladas pelo MP. (Pararijos NEWS)

Papão pressiona por vaga


O presidente do Paysandu, Alberto Maia, chegou a cravar que o clube seria um dos participantes da Copa Verde 2016. A inclusão bicolor foi claramente atropelada, no entanto. Ainda não há uma confirmação oficial por parte da Confederação Brasileira de Futebol e o próprio Paysandu, por meio de notas, admitiu o erro, credenciando-o a uma falha na interpretação.
A confusão se estabeleceu a partir de uma consulta da CBF à Federação Paraense de Futebol.  De acordo com uma versão de um email trocado entre a CBF e a FPF, houve indicação acerca da mudança no formato do torneio, por meio de uma sugestão do Esporte Interativo, detentor dos direitos de transmissão da Copa Verde, que propôs um modelo de competição tido como interessante, pela própria entidade máxima do futebol brasileiro. Entre as novidades, está a inclusão do Goiás, totalizando 18 clubes participantes. No novo formato, restariam duas vagas para o Estado do Pará - e não três como nos anos anteriores. Uma vaga seria do campeão estadual, o Clube do Remo, e a outra teria como definição o Ranking Nacional de Clubes. O Paysandu é o clube paraense mais bem colocado, ocupando a 34º colocação, não sendo ameaçada pelos concorrentes locais.  
A interpretação equivocada do Paysandu partiu do próprio advogado Alberto Maia. Ele, que conversará com a imprensa a partir das 9 horas de hoje, publicou notas no microblog Twitter. Primeiro, exaltou-se. “A CBF encaminha ofício neste momento através da FPF comunicando oficialmente que o Paysandu Sport Club participará da COPA VERDE/2016”. Depois, a própria Assessoria de Imprensa do clube adiantou que houve uma falha na interpretação do documento. Alberto Maia, então, redimiu-se. “Nação Bicolor, esclareço que o ofício encaminhado pela CBF não confirma a presença do Paysandu, mas nos manifestaremos no interesse de participar”, avaliou.  (Leia mais em Pararijos NEWS)

ORM homenageadas pela Justiça do Pará


A mais importante comenda do Poder Judiciário, a Medalha da Ordem do Mérito Judiciário, foi entregue ontem à noite, em solenidade na Igreja de Santo Alexandre, no bairro da Cidade Velha, a 111 personalidades e instituições, como prova do reconhecimento do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (TJPA) a civis e militares que contribuíram para o desenvolvimento do Estado do Pará, em particular do Poder Judiciário. As Organizações Romulo Maiorana (ORM) foram homenageadas no Grau Grande Oficial, e o diretor jurídico das ORM, Ronaldo Maiorana, recebeu a Medalha no Grau Comendador. A solenidade foi dirigida pelo presidente do TJPA e teve como grão-mestre da Ordem do Mérito Judiciário o desembargador Constantino Augusto Guerreiro. Em seu pronunciamento, Constantino Guerreiro destacou que os "bons exemplos" dos agraciados devem se propagar na sociedade.
A outorga da Medalha, no Grau Grande Oficial, às ORM, foi feita pelo vice-presidente do TJPA, desembargador Ricardo Nunes, ao diretor jurídico Ronaldo Maiorana. No Grau Comendador, Ronaldo Maiorana recebeu a medalha das mãos da desembargadora Dircy Nunes Alves, corregedora das Comarcas da Região Metropolitana de Belém. O diretor jurídico das ORM agradeceu ao presidente do TJPA, desembargador Constantino Guerreiro, e aos demais membros do Judiciário do Estado o reconhecimento da atuação diária das ORM como parceira deste Poder em prol do desenvolvimento do Pará. Ronaldo Maiorana foi cumprimentado pelas autoridades na solenidade.
Ao abordar a homenagem prestada às ORM, o presidente do TJPA afirmou que "com a Imprensa em geral nós temos tido um excelente relacionamento, uma excelente parceria; todos sempre estão atentos e respeitosos ao Tribunal assim como o Tribunal se mantém respeitoso com toda a Imprensa paraense". A Ordem do Mérito Judiciário, instituída pela Resolução nº 008/2005, de 1 de junho de 2005, homenageia "os inestimáveis serviços prestados ao povo e ao Estado do Pará por aqueles que, numa labuta profissional incessante na busca do desenvolvimento neste Estado, de forma desprendida de qualquer interesse pessoal, competência técnica e postura ética, enobrecem e servem de exemplo a todos”.
Em seu pronunciamento, o desembargador Constantino Guerreiro descatou: "O simbolismo da Medalha do Mérito Judiciário consigna os predicados pessoais e funcionais que referendam a honraria, cultivados no comportamento familiar, nas relações interpessoais e nas atividades empresariais. São sinônimos dos mais gratos valores que enobrecem e valorizam uma sociedade, e se devem propagar pelos círculos sociais de que se participe e pelas áreas das respectivas influências dos agraciados. Demonstra, principalmente, que os bons exemplos sempre terão a faculdade de frutificar, multiplicando seus efeitos benéficos onde quer que se façam presentes suas práticas em prol do bem comum". (Pararijos NEWS)

Sai pedido de impeachment


O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, informou ontem que autorizou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O peemedebista afirmou que, dos sete pedidos de afastamento que ainda estavam aguardando sua análise, ele deu andamento ao requerimento formulado pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior.
O pedido de Bicudo – um dos fundadores do PT – foi entregue a Cunha em 21 de outubro. Na ocasião, deputados da oposição apresentaram ao presidente da Câmara uma nova versão do requerimento dos dois juristas para incluir as chamadas “pedaladas fiscais” do governo em 2015, como é chamada a prática de atrasar repasses a bancos públicos a fim de cumprir as metas parciais da previsão orçamentária. A manobra fiscal foi reprovada pelo Tribunal de Contas da União (TCU).
Na representação, os autores do pedido de afastamento também alegaram que a chefe do Executivo descumpriu a Lei de Responsabilidade Fiscal ao ter editado decretos liberando crédito extraordinário, em 2015, sem o aval do Congresso Nacional.
“Quanto ao pedido mais comentado por vocês, proferi a decisão com o acolhimento da denúncia. Ele traz a edição de decretos editados em descumprimento com a lei. Consequentemente, mesmo a votação do PLN 5 [projeto de revisão da meta fiscal de 2015] não supre a irregularidade”, disse Cunha em entrevista coletiva na Câmara dos Deputados no início da noite desta quarta.
Resposta de Dilma - A presidente Dilma negou, em pronuncimento, “atos ilícitos” em sua gestão e afirmou que recebeu com “indignação” a decisão do peemedebista. A declaração ocorreu no Salão Leste do Palácio do Planalto, que durou cerca de três minutos.
“Hoje [ontem] eu recebi com indignação a decisão do senhor presidente da Câmara dos Deputados de processar pedido de impeachment contra mandato democraticamente conferido a mim pelo povo brasileiro”, disse Dilma, em pronunciamento no Palácio do Planalto.
“São inconsistentes e improcedentes as razões que fundamentam esse pedido. Não existe nenhum ato ilícito praticado por mim, não paira contra mim nenhuma suspeita de desvio de dinheiro público”, acrescentou.
Cassação - O despacho do peemedebista autorizando a abertura do impeachment ocorreu no mesmo dia em que a bancada do PT na Câmara anunciou que vai votar pela continuidade do processo de cassação de Cunha no Conselho de Ética. Ao longo do dia, Cunha consultou aliados sobre a possibilidade de abrir o processo de afastamento da presidente da República.
À tarde, ele tratou do assunto, em seu gabinete, com deputados de PP, PSC, PMDB, DEM, PR e SD. Segundo parlamentares ouvidos pelo G1, Cunha queria checar se teria apoio dos partidos caso decidisse autorizar o impeachment.
Nos bastidores, aliados do presidente da Câmara mandavam recados ao Palácio do Planalto de que ele iria deflagrar o processo de afastamento da presidente se o Conselho de Ética desse andamento ao processo de quebra de decoro parlamentar que pode cassar o mandato dele.
Justificativa de Cunha - Ao justificar a decisão de abrir o processo de impeachment, Eduardo Cunha alegou que o argumento central que ele considerou foi o fato de Dilma ter editado decretos liberando crédito extraordinário, em 2015, sem o aval do Congresso Nacional. De acordo com o peemedebista, esses decretos, que não foram submetidos ao Legislativo, somam R$ 12,5 bilhões.
“Nesse particular, entendo que a denúncia oferecida atende aos requisitos mínimos necessários, eis que indicou ao menos seis decretos assinados pela denunciada no exercício financeiro de 2015, em desacordo com a Lei de Diretrizes Orçamentárias e, portanto, sem autorização do Congresso Nacional”, afirmou Cunha, na decisão de autorizar o processo de impeachment.
O presidente destaca, no despacho, que há indícios de participação direta de Dilma no suposto crime de responsabilidade, já que ela própria assinou a liberação de dinheiro não previsto no Orçamento de 2015. (Pararijos NEWS)

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Invasores matam animais em fazenda, em Marabá

Invasores matam animais em fazenda (Foto: Divulgação)
Os invasores estenderam faixas na entrada da fazenda, além de matar e mutilar o gado (Foto: Divulgação)
A Fazenda Cedro, do grupo Agro Santa Bárbara, em Marabá, foi alvo de um ato de selvageria. Homens armados entraram na fazenda, na noite do último domingo (29) e mataram cerca de 20 vacas. Alguns animais estavam gestantes, aguardando transferência para tratamento especializado. Na madrugada de anteontem (30), o bando entrou novamente na fazenda, e tirou a vida de mais 29 vacas, totalizando quase 50 animais abatidos. As imagens mostram vacas decapitadas, com vísceras expostas e até fetos espalhados pelo chão de terra.
Segundo um dos coordenadores da fazenda - que não quis se identificar -, não é a primeira vez que a situação ocorre. Ele afirma que, de maio até hoje, o número de animais mortos na fazenda já chega a 800. Ainda de acordo com funcionário da fazenda, o problema maior é o valor agregado nas vacas mortas, já que todas faziam parte do processo de transferência de embrião. “As suspeitas são de que integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais (MST), estejam envolvidos nas mortes”, disse o funcionário. Todos os animais estavam alojados no Retiro Rancho Americano, localizado dentro da fazenda. Além de matar os animais, o bando ainda cortou a barriga das vacas e retirou os bezerros que estavam sendo gerados.
O superintendente da Polícia Civil em Marabá, delegado Marcelo Delgado, informou que recebeu a denúncia do crime pela Polícia Militar, que enviou perícia por meio do Instituto Renato Chaves ao local para analisar os animais mortos. Sobre as suspeitas de quem seriam os autores do crime, o delegado informou que a trabalha com algumas linhas de investigação já levantadas pelos trabalhadores da fazenda, mas está aguardando a formalização da denúncia, por meio de um Boletim de Ocorrência, que deverá ser encaminhado a Delegacia de Conflitos Agrários (Deca). Ainda de acordo com a polícia, foram encontrados alguns cartuchos de espingarda ao lado dos corpos dos animais. Todo o material seráo encaminhado para análise técnica.

Invasões envolvem ameaças e sequestros
Ezio da Silva Costa, diretor de operações da Agro Santa Bárbara, proprietária da fazenda Cedro, diz que há 6 anos a empresa vem sofrendo com o conflito agrário na região. “Nesse período, milhares de cabeças de gado foram abatidas e roubadas pelos invasores”, afirma. Outros milhares, que não morreram imediatamente, precisaram ser sacrificados diante dos ferimentos
Além disso, por diversas vezes, diz Ezio, pastos produtivos foram queimados criminosamente, casas de funcionários incendiadas e depredadas e maquinários produtivos destruídos. “Sem falar que, por diversas vezes, funcionários foram sequestrados, surrados e mantidos como reféns”, coloca.
Somente em 2015, foram abatidas e roubadas mais de 800 cabeças de gado da fazenda, quase sempre com uso de armas de fogo. “Os invasores fizeram os funcionários da Agro Santa Bárbara e seus familiares referéns”, denuncia.
Crianças e idosos também foram mantidos em cárcere privado, diz Ezio, por horas sob ameaça psicológica e sob mira de armas de fogo.
O diretor informa que, apenas ontem, foram abatidas 29 vacas prenhas, com alto valor genético, utilizadas em programas de melhoramento da produtividade do rebanho de leite nacional. As
vacas foram evisceradas e os bezerros, arrancados e espalhados pelo pasto. Outras foram decapitadas. “A ousadia dos invasores cresce a cada dia em virtude do sentimento deimpunidade”, critica. Apesar dos crescentes prejuízos da empresa e do clima de terror que se instala em suas fazendas, por causa da crueldade dos atos dos invasores, Ezio garante que a Agro Santa Bárbara continua buscando “solução pacífica para o campo”. Ele pretende manter interlocução sistemática e permanente com as autoridades do Governo, responsáveis pela resolução do conflito local.

CONTATO
A reportagem tentou entrar em contato com a sede do MST em Marabá e em Eldorado dos Carajás, mas todos os telefones estavam em caixa postal. O DIÁRIO também tentou falar com
o advogado da Comissão Pastoral da Terra, José Batista Afonso, para comentar o caso, mas não obteve resposta.
(Luiz Flávio/Diário do Pará/Pararijos NEWS)

MOTOTAXISTAS DE BREVES PROTESTAM CONTRA FISCALIZAÇÃO DO DETRAN

A MANIFESTAÇÃO COMEÇOU NO FINAL DA TARDE DESTA QUARTA-FEIRA (2) E REUNIU VÁRIOS MOTOTAXISTAS E MOTOCICLISTAS QUE JUNTOS DIZEM NÃO ACEITAR A FISCALIZAÇÃO DO ÓRGÃO DE TRÂNSITO QUE ACONTECERÁ NA CIDADE NOS PRÓXIMOS DIAS. SEGUNDO A CATEGORIA, A CHEGADA DOS AGENTES DO DETRAN E A FORMA QUE ESTÁ SENDO CONDUZIDO O PLANEJAMENTO PARA AS BLITZ É ARBITRÁRIA E EXAGERADA. OS MESMOS AINDA RESSALTAM QUE NO DECORRER DE TODO O ANO O SUPORTE NECESSÁRIO DE PROCEDIMENTO PARA A EMISSÃO DA CARTEIRA DE HABILITAÇÃO FOI INCOMPLETO E FALHO. MUITOS ALEGAM ESTAREM SEM CONDIÇÕES PARA BANCAR VIAGEM ATÉ CAPITAL E REALIZAR AS PROVAS NECESSÁRIAS PARA OBTER A HABILITAÇÃO E NÃO ACEITAM A FISCALIZAÇÃO COM AS SUAS RESPECTIVAS EXIGÊNCIAS. OS MANIFESTANTES ATEARAM FOGO EM PNEUS E MADEIRA, E INTERDITARAM POR ALGUNS MINUTOS A AVENIDA RIO BRANCO, A PRINCIPAL DA CIDADE. DURANTE O PROTESTO ALGUMAS PESSOAS FORAM DETIDAS E ENCAMINHADAS PARA A DELEGACIA DA CIDADE . A GERÊNCIA DO DETRAN DE BREVES AINDA NÃO SE MANIFESTOU SOBRE O OCORRIDO. Fonte : RBATV BREVES

Processo de impeachment de Dilma: perguntas e respostas

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, informou nesta quarta-feira (2) que autorizou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O peemedebista afirmou que, dos sete pedidos de afastamento que ainda estavam aguardando sua análise, ele deu andamento ao requerimento formulado pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior.
O que acontece agora?
A autorização é apenas o primeiro passo. Agora, o pedido será analisado por uma comissão especial formada por deputados de todos os partidos. A presidente terá um prazo para se defender. A comissão vai dar um parecer a favor ou contra a abertura do processo, que vai ao plenário. Se os parlamentares decidirem pela abertura do processo de  impeachment, por dois terços dos deputados, Dilma será obrigada a se afastar do cargo por 180 dias, e o processo seguirá para julgamento do Senado. Veja abaixo a tramitação completa.
O que está sendo analisado?
Os juristas atacam as chamadas "pedaladas fiscais”, prática atribuída ao governo de atrasar repasses a bancos públicos a fim de cumprir as metas parciais da previsão orçamentária, o que atentaria contra a probidade da administração e contra a lei orçamentária. A denúncia é de que houve crime de responsabilidade, uma das hipóteses em que um presidente poderia ser impedido de continuar exercendo seu mandato.
O que é um crime de responsabilidade?
São infrações cometidas por agentes políticos no desempenho de sua função que atentem contra a Constituição, a probidade da administração, lei orçamentária, entre outros, que estão previstos em lei.
Isso significa que a presidente será impedida?
Não. O que existe agora é uma denúncia, que passará pelo crivo de uma comissão especial, que proferirá um parecer sobre se ela pode ou não ser julgada. Ainda serão ouvidas testemunhas, poderão ser realizadas diligências, e a presidente poderá apresentar sua defesa.
O que Dilma disse sobre o pedido de impeachment?
A presidente se manifestou algumas vezes após a apresentação de pedidos de impeachment contra ela na Câmara. Em outubro, ela afirmou que a oposição tenta chegar ao poder por meio de "golpe" e busca "construir de forma artificial o impedimento de um governo eleito".
Qual a argumentação de Eduardo Cunha para decidir acolher o pedido?
Em entrevista coletiva na Câmara, Cunha afirmou que, "quanto ao pedido mais comentado por vocês proferi a decisão com o acolhimento da denúncia". "Ele traz a edição de decretos editados em descumprimento com a lei. Consequentemente mesmo a votação do PLN 5 não supre a irregularidade", disse.
A presidente continua no cargo?
Sim. O afastamento do presidente do cargo só ocorre se a Câmara aprovar, por votos de dois terços de seus membros (342 votos dos 513 deputados). Nesse caso, são até 180 dias de afastamento.
Quem apresentou o pedido?
Os juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Junior registraram o pedido no 4º cartório de notas de São Paulo. Ele também é assinado pela advogada Janaina Paschoal, professora da Universidade de São Paulo, e por representantes de movimentos contra a corrupção.
(Pararijos NEWS)

Eduardo Cunha anuncia que autorizou processo de impeachment de Dilma

 
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, informou nesta quarta-feira (2) que autorizou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O peemedebista afirmou que, dos sete pedidos de afastamento que ainda estavam aguardando sua análise, ele deu andamento ao requerimento formulado pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior.
O pedido de Bicudo – um dos fundadores do PT – inclui as chamadas “pedaladas fiscais” do governo em 2015, como é chamada a prática de atrasar repasses a bancos públicos a fim de cumprir as metas parciais da previsão orçamentária.
"Quanto ao pedido mais comentado por vocês proferi a decisão com o acolhimento da denúncia. Ele traz a edição de decretos editados em descumprimento com a lei. Consequentemente mesmo a votação do PLN 5 não supre a irregularidade", disse Cunha em entrevista coletiva na Câmara.
A decisão ocorreu no mesmo dia em que a bancada do PT na Câmara anunciou que vai votar pela continuidade do processo de cassação de Cunha no Conselho de Ética. Ao longo do dia, Cunha passou a consultar aliados sobre a possibilidade de abrir o processo de impeachment da presidente da República.
Na tarde desta quarta, o peemedebista tratou do assunto, em seu gabinete, com deputados de PP, PSC, PMDB, DEM, PR e SD. Segundo parlamentares ouvidos pelo G1, ele queria checar se teria apoio dos partidos caso decidisse autorizar o impeachment.
Nos bastidores, aliados do presidente da Câmara mandavam recados ao Palácio do Planalto de que ele iria deflagrar o processo de afastamento da presidente se o Conselho de Ética desse andamento ao processo de quebra de decoro parlamentar que pode cassar o mandato dele. (Pararijos NEWS)

Audição é meta de Walter Carneiro aos munícipes de Breves



 
O vereador líder do PDT na Câmara de Breves, Walter Carneiro, apresentou na sessão do dia 27 de novembro deste ano o Projeto de Lei nº 035/2015 que institui o “Banco de Aparelho Auditivo” no município de Breves. O referido projeto foi acompanhado positivamente pelos companheiros vereadores presente à sessão. Agora o projeto segue para votação em 2º turno em outra data. (Pararijos NEWS)