Google+ Badge

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Furacão fatura o Parazão da Pelada

Furacão fatura o Parazão da Pelada (Foto: Celso Rodrigues)
Time da Marambaia é o grande campeão do Parazão da Pelada. Vitória veio nas penalidades (Foto: Celso Rodrigues)
Um drone voando e capturando imagens de diversos ângulos, fogos de artifício e sol causticante. Jogo pegado, correria e definição do vencedor apenas no final em uma emocionante disputa de penalidades. A final da Copa Parazão da Pelada DIÁRIO DO PARÁ, disputada no estádio do Mangueirão, na manhã deste domingo, não deveu em nada para finais de competições profissionais. A equipe do Furacão, do bairro da Marambaia, foi a grande vencedora, conquistando pela segunda vez a competição após um empate em 1 a 1 contra o Badalados, da Cidade Nova, e vitória nas penalidades por 4 a 2.
A partida teve um primeiro tempo muito pegado, com os times aparecendo com frequência no ataque, mas pouco inspirados na conclusão. Os goleiros Wagner e Junior pouco trabalho tiveram em fazer defesas. Na segunda etapa, o jogo mudou de feição. Logo aos 10 minutos o Badalados cobrou falta direto e Wagner espalmou da forma errada. Riquinho recuperou a bola e, num chute cruzado, fez 1 a 0.
O gol fez o time da Marambaia acordar e reagir em campo. O time passou a pressionar e, já no lance seguinte, promoveu três mudanças, se plantando no ataque. Cabralzinho, o craque do time, finalmente empatou o jogo aos 19 minutos, de cabeça, após cobrança de escanteio. As equipes se revezaram no ataque nos minutos finais, mas o cansaço atrapalhou nas finalizações e a disputa foi para as penalidades.
Juninho do Furacão e Diego Silva do Badalados erraram suas cobranças e o goleiro Wagner defendeu a cobrança de Miguelzinho. O ex-jogador profissional Marquinhos Belém cobrou a última penalidade que garantiu a vitória por 4 a 2 para o time da Marambaia. “Já tinha jogado aqui ano passado, quando ganhamos sobre o Paulo VI. Estão de parabéns o Dewson, o Reginaldo e toda família do Furacão, porque não é apenas um time é uma família”, comentou o atacante Cabralzinho.
(Taion Almeida/Diário do Pará/Pararijos NEWS)