Google+ Badge

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Real Madrid aplica 10 a 2 no Rayo Vallecano

Foto: AP/Francisco SecoFoto: AP/Francisco Seco
Parecia até que o Real Madrid estava tentando ofuscar o título mundial conquistado pelo Barcelona mais cedo em Yokohama, no Japão. No mesmo dia em que o time catalão conquistava o seu terceiro título mundial, a equipe merengue aplicava uma goleada histórica no Rayo Vallecano no Santiago Bernabéu: 10 a 2.
E a vitória ainda foi de virada. Danilo abriu o placar para o Real aos 3 minutos, mas o time de Rafa Benitez tomou a virada com gols de Amaya e Jozabed aos 10 e 12 minutos.
Em meio aos protestos da torcida, o Real Madrid tratou de virar o placar e ao  fim do primeiro tempo já vencia por 4 a 2. Na etapa final, o time marcou mais seis gols.
A virada só aconteceu, no entanto, depois que o árbitro Ignacio Iglesias Villanueva expulsou dois jogadores do Rayo, Tito e Raul Baena, e ainda marcou um pênalti inexistente em Sérgio Ramos que resultou num dos gols de Cristiano Ronaldo.
- Dá pena entrar no vestiário e ver profissionais chorando. Há muito tempo não via algo tão grotesco e vergonhoso quanto hoje. Todos perdemos. Posso apenas consolar meus jogadores. Temos que aprender para que isso não volte a acontecer. A partida durou até que perdemos dois jogadores e aconteceu o pênalti. Não tem como encarar isso. Bom Natal para todos. Inclusive para o árbitro - protestou o técnico Paco Jémez.
Apesar dos erros da arbitragem, o trio de ataque BBC brilhou na partida. Gareth Bale marcou quatro gols, Benzema fez outros três e Cristiano Ronaldo marcou apenas duas vezes.
Com a vitória, o Real chegou a 33 pontos e se manteve na terceira colocação da Liga espanhola. Os líderes são o Barcelona, que não joga nesta rodada, e o Atlético de Madrid, com 35 pontos. (Pararijos NEWS)