Google+ Badge

sábado, 13 de dezembro de 2014

Zagueiro teria sido contratado pelo Paysandu

Zagueiro teria sido contratado pelo Paysandu (Foto: Divulgação)
Paraense William Alves, do Santa Cruz-PE, teria sido mais um contratado pela diretoria bicolor (Foto: Divulgação)
Apesar do mistério feito pela diretoria do Paysandu em torno dos novos jogadores contratados pelo clube para a temporada 2015, os nomes não param de surgir, na Curuzu.
O último deles foi o do zagueiro paraense William Alves, que, ontem, teve a negociação de sua vinda para o Papão revelada por um site do futebol de Pernambuco, onde, desde 2013, atuava pelo Náutico-PE. O jogador, que nasceu na cidade de Marabá, se destacou defendendo o Santa Cruz-PE no Estadual, o que motivou sua contratação pelo Timbu.
A proposta para a aquisição do atleta foi enviada pelo Paysandu à diretoria do alvirrubro pernambucano que promete não criar embaraço para a saída do atleta dos Aflitos. “Estamos em negociação. Ele recebeu uma proposta e nos apresentou. Vamos fazer o que for melhor para nós e para o atleta”, prometeu o gerente de futebol, Carlos Kila, em entrevista ao site pernambucano. O Náutico estaria, segundo a matéria, disposto a abrir mão de qualquer vantagem financeira na liberação do zagueiro.
A única exigência que está sendo feita pelo clube nordestino é que o Paysandu arque com os salários de William, que tem contrato com o Náutico até o final de 2015. Como passa por ajuste na folha salarial de seu elenco, o Timbu não estaria disposto a bancar reajuste nos salários de seus jogadores, entre eles o de William, que pela segunda vez teria seus vencimentos aumentados.
Procurados para falar sobre a vinda do zagueiro para a Curuzu, nem o presidente eleito Alberto Maia e nem o diretor de futebol Roger Aguilera, que tratam da montagem do elenco para 2015, foram localizados. Os dirigentes já anunciaram que só revelarão os nomes dos atletas contratados quando estes estiverem em Belém, dia 5 de janeiro, para a apresentação do elenco, na Curuzu. A medida, segundo eles, tem como objetivo evitar as especulações, o que tem se mostrado impossível nos últimos dias, quando vários atletas tiveram seus nomes divulgados como suposto contratados do clube.
(Diário do Pará)