Google+ Badge

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Justiça determinou prisão de homem acusado de abusar da própria filha, em Cametá

 Benedito Bergue, de 51 anos, foi denunciado pela esposa Benedito Bergue, de 51 anos, foi denunciado pela esposa
Está na cadeia o homem acusado de estuprar a própria filha há seis anos em Cametá, nordeste do Pará. Benedito de Jesus Moraes Bergue, 51 anos, de apelido “Bena”, foi detido ontem pela equipe de policiais civis do município, em cumprimento de um mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça.
As investigações mostram que Benedito começou a violentar a vítima quando ela tinha oito anos. Atualmente, a menina tem 14 anos. A mãe da jovem relevou, em depoimento, que o acusado obrigava a filha a manter relações sexuais e, para não ser denunciado, ameaçava matar a menina e a mãe, caso a adolescente contasse o fato a alguém.
A vítima contou à mãe sobre os abusos após não mais suportar os atos de violência sexual do pai. Os crimes chegaram ao conhecimento da Polícia Civil. De posse do mandado de prisão decretado pelo juiz de direito titular da 1ª Vara Criminal de Cametá, José Goudinho Soares, a equipe policial prendeu o acusado na localidade de Cupijó, zona rural do município. Participaram da operação o delegado Fernando Pereira, o escrivão Benedito Sérgio, os investigadores Sérgio Pompeu e Guimarães. As informações sobre o caso foram divulgadas pela Polícia Civil do Pará.
O acusado já está recolhido à disposição da Justiça. Outras operações devem ser deflagradas no combate à criminalidade na região, seguindo diretrizes da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Pará, do delegado-geral Rilmar Firmino de Sousa, do diretor de Polícia do Interior, delegado João Bosco Rodrigues, e do superintendente regional do Baixo-Tocantins, delegado Fernando Bezerra Lima.
Amazônia Jornal