Google+ Badge

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Seiva divulga resultados de incentivo cultural

Trabalho do Trilhas da Amazônia é reconhecido com premiação ao grupo que preserva nossas danças Trabalho do Trilhas da Amazônia é reconhecido com premiação ao grupo que preserva nossas danças
“Nós temos trabalho com crianças, meninos de rua, faz um trabalho geral, incentivando a educação, a prática da dança, alimentação. Agora eu posso dizer, sou mestra. A gente gasta muito no grupo, muitas vezes tirando do próprio bolso, pois não pode deixar de atender a todas essas famílias que se envolvem com a dança e as outras atividades que promovemos.
E ano que vem são 400 anos de Belém, queremos participar, nos preparar com bom figurino para os dançarinos, tendo a certeza que vamos ter como dar o nosso melhor com esse apoio”, declara Graciete Alves, 86 anos, cinquenta deles como líder da quadrilha junina Rainha da Juventude, uma das mais tradicionais a participar dos concursos, municipais e estaduais, durante o período junino no Pará. Graciete foi uma das contempladas com o Prêmio Manifestações Culturais, do Programa Seiva, da Fundação Cultural do Pará (FCP). Ela foi selecionada e premiada por ser considerada uma Mestra nesta forma de manifestação, especialmente, por desenvolver por meio da dança um importante papel social junto a jovens e adolescentes do bairro da Cremação.
O resultado deste edital ainda possibilitou um reconhecimento a mais para Mestres já consagrados da cultura popular paraense, como Mestre Vital Batista, conhecido pelo grupo Engole Cobra, forte influência musical para a região do Baixo Tocantins; Mestre Pinduca, conhecido como Rei do Carimbó e que difundiu mundo a fora o carimbó moderno, com instrumentos elétricos; e Mestre Laurentino, referência do carimbó com seu instrumento favorito e pelo qual também é conhecido: a gaita. (Pararijos NEWS)