Google+ Badge

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Supremo manda banqueiro para presídio

Esteves teve negado seu pedido de revogação de prisãoEsteves teve negado seu pedido de revogação de prisão
O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou ontem pedido da defesa de André Esteves, do BTG Pactual, para revogar a prisão do banqueiro, e determinou a transferência do executivo para o presídio Ary Franco, no Rio de Janeiro.
A transferência ocorreu ontem à noite. Esteves foi preso anteontem, suspeito de obstruir as investigações da Operação Lava Jato - assim como o senador Delcídio Amaral (PT-MS) - por tentar comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró. De acordo com a Procuradoria-Geral da República, com base em conversas gravadas pelo filho de Cerveró, o senador petista ofereceu uma mesada de R$ 50 mil para evitar que ex-diretor da Petrobrás mencionasse o congressista e o BTG Pactual em eventual acordo de delação premiada.
A verba seria financiada por André Esteves, segundo as conversas entre o parlamentar, o então advogado de Cerveró, Edson Ribeiro, e o filho do ex-diretor, Bernardo Cerveró.
O advogado de Esteves, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, alegou ao STF que a prisão temporária do banqueiro foi baseada "única e exclusivamente" na fala de Delcídio. Ele nega que conheça Cerveró, o filho do ex-diretor ou o chefe de gabinete de Delcídio, Diogo Ferreira, e o advogado Edson Ribeiro. (Pararijos NEWS)