Google+ Badge

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Garoto é morto por PMs


Um adolescente de 14 anos foi morto e um adulto foi preso em confronto com policiais militares após o assalto a um ônibus, no bairro da Sacramenta, na manhã de ontem. O assalto ocorreu por volta das 8 horas, à altura da avenida Pedro Álvares Cabral, passando o viaduto do Entroncamento. Cinco pessoas praticaram o crime no coletivo da linha Telégrafo/Ver-o-Peso, da empresa Belém Rio. Os assaltantes levaram celulares e foram perseguidos por três viaturas. Três bandidos fugiram, mas dois foram cercados num terreno baldio, onde, segundo o cabo Paulo Cordeiro, da Polícia Militar, o adolescente atirou contra a equipe e acabou atingido no abdômen e no peito. Ele morreu a caminho do hospital, enquanto o comparsa Edenildo da Cruz Novaes, de 20 anos, foi capturado.
O condutor do ônibus, que pediu para não ser identificado, contou que os cinco criminosos entraram no coletivo no final da linha, no conjunto Médici, mas só anunciaram o assalto durante a viagem, quando o veículo passou pelo elevado do Entroncamento. Eles abordaram todas as pessoas que estavam no veículo, incluindo aproximadamente 20 passageiros, para levar os celulares. Durante a ação, o ônibus ficou estacionado num posto de gasolina, na Pedro Álvares Cabral, entre a rua Nova e a Mucajá, por onde os assaltantes fugiram. Segundo o condutor, um policial à paisana que estava no posto acionou os policiais de plantão.
Um passageiro, que também pediu para não ser identificado, confirmou que o adolescente que acabou morto era o único que estava armado. “Ele apontou a arma na minha cabeça. Achou que eu fosse policial ou que eu fosse reagir. Disse que ia acertar a minha cabeça”. Ainda segundo ele, uma jovem foi agredida porque demorou para entregar o celular, pois estava nervosa.
A equipe do cabo Paulo Cordeiro e do soldado Arney Barros fez o cerco a Edenildo e ao adolescente num terreno baldio da rua Santos Dumont, entre a Pedro Álvares Cabral e a avenida Senador Lemos. “O adolescente atirou contra a guarnição e revidamos. Prendemos ele e o outro (Edenilson). Levamos para o Hospital Metropolitano, mas ele (adolescente) não resistiu e morreu no caminho”, contou o cabo. Segundo ele e o soldado Arney, os outros criminosos pularam muros de residências e fugiram.
Foi apreendida uma pistola de calibre 22 contendo sete munições, sendo quatro deflagradas. Edenilson da Cruz Novaes foi apresentado na Seccional Urbana da Sacramenta, onde foi autuado em flagrante por roubo, pelo delegado Antônio Maria Marçal. Em seguida, ele foi recolhido ao sistema penitenciário. Já o corpo do adolescente foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para necropsia. (Pararijos NEWS)