Google+ Badge

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Homem é crivado de balas


José Ailton Nahum de Carvalho foi executado com vários tiros, em frente à residência dele, na rua Radional II, próximo à avenida Bernardo Sayão, no bairro da Condor. O crime ocorreu por volta das 2 horas, quando dois homens se aproximaram dele num carro preto, abriram fogo e fugiram sem ser identificados. Poucas horas antes, um veículo com as mesmas características havia passado em frente à casa de José Ailton, mais conhecido como “Louro”, e baleado o amigo que estava com ele, identificado pelos apelidos “Coca” e “Carlinhos”, o qual vestia uma camisa do Paysandu, idêntica a que José Ailton usava. Os policiais da Divisão de Homicídios da Polícia Civil, que atenderam a ocorrência, acreditam que “Coca” tenha sido confundido com “Louro”, o verdadeiro alvo dos assassinos. “Coca” foi baleado no braço e não corre risco de morrer.
Moradores da área ouviram pelo menos sete disparos. “Louro” foi baleado várias vezes, sendo que um projétil acertou o coração. Vizinhos pretendiam levá-lo ao hospital e o carregaram até próximo à Bernardo Sayão, mas ele não resistiu aos ferimentos. “Louro” tinha passagens pela polícia, por roubo e tráfico de drogas, e boletins de ocorrência já tinham sido lavrados contra ele por ameaça e lesão corporal. A família disse aos policiais que “Louro” estava trabalhando, mas não havia abandonado as drogas.
O delegado Eduardo Rollo, da Divisão de Homicídios, esteve no local com a equipe de investigadores e escrivão para levantar as primeiras informações que poderão levar à elucidação do crime. O corpo foi examinado no local por peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e, em seguida, removido para necropsia no Instituto Médico Legal (IML). (Pararijos NEWS)