Google+ Badge

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Ladrão é crivado de balas


Ivan Bahia da Silva, de 26 anos, foi morto com vários tiros, ontem à noite, no bairro Parque Verde, em Belém. Segundo informações da polícia, ele tinha envolvimento com crimes. Os assassinos estavam de motocicleta e fugiram após os disparos.
O homicídio ocorreu por volta das 18h30, na rodovia Augusto Montenegro, em frente ao conjunto Tapajós, sentido Icoaraci-Belém. Testemunhas relataram que Ivan estava sentado em um banco na entrada do conjunto quando os dois homens se aproximaram em uma moto preta. Outras pessoas também estavam no local, incluindo mototaxistas, e todos correram quando perceberam a ameaça.
A vítima correu para a rodovia Augusto Montenegro, para atravessar a pista e escapar, mas foi atingida pela primeira bala antes de chegar ao canteiro central. “Ele caiu aqui e o homem que estava com a arma efetuou vários disparos”, afirmou o cabo Gillard, da 2ª Companhia (CIA) / 24º Batalhão da Polícia Militar (BPM).
O homem morreu na hora e os assassinos fugiram. Eles não tinham sido identificados até o fechamento desta edição. De acordo com a polícia, o crime teve características de execução e provavelmente foi um acerto de contas. “O Ivan tinha envolvimento com crimes, principalmente assaltos. Inclusive na hora do fato ele estava tentando vender um celular para as pessoas que estavam no ponto do mototáxi. Esse telefone possivelmente é roubado”, afirmou o cabo Gillard.
A polícia foi informada que na manhã de ontem e também poucos minutos antes de ser assassinado, Ivan assaltou pessoas naquela área do Parque Verde, e as vítimas tiveram os celulares roubados. Um rapaz que também estava na entrada do Tapajós e testemunhou o crime forneceu algumas informações sobre o fato aos policiais que atenderam a ocorrência. Ele disse que correu para o outro lado, mas viu tudo o que ocorreu. Após falar algumas coisas, a testemunha foi embora, com medo de represálias.
Ainda segundo os policiais, Ivan já havia sido preso, acusado de estuprar uma adolescente. Uma equipe da Divisão de Homicídios deu início às investigações do crime registrado ontem. Peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves fizeram os levantamentos da área e em seguida o corpo foi removido para necropsia. (Pararijos NEWS)