Google+ Badge

domingo, 22 de novembro de 2015

Leão Azul e Papão prometem Re-Pa emocionantes no torneio estadual



Tal como acontece no futebol, os rivais Remo e Paysandu também investiram alto no basquete adulto masculino para dar molho especial ao campeonato estadual, que começa na próxima sexta-feira, 27. O Leão trouxe sete jogadores e mais o treinador. Já o Papão se contentou com um, contudo, arrematou para o Moura Carvalho a maioria dos campeões pelo Remo, no ano passado. Tem um elenco e mais um bom banco, pronto para recuperar o título, que não ganha desde desde 2008.
O Remo passou seis anos ausente do campeonato adulto, tempo em que o ginásio Serra Freire passou em reforma. Graças ao grupo Horizonte o ginásio ficou pronto e liberado parra uso. O Remo voltou e logo foi campeão com uma equipe mesclada de paraenses e cariocas.
Na última quarta-feira, foram apresentados no Serra Freira a nova equipe azulina e mais o técnico Abdala Salomão, 52 anos, de São Paulo. Os atletas Irving Proni, Lima, Paulo Nery, Rafael Milhossi, todos do Jacareí Basketball (SP), Luís Felipe Fonseca e Diego Dias, que vieram do Basquete Cearense (CE) e Assis Basquete (SP). Eles se juntam aos jogadores de base e alguns do time adulto. A expectativa é grande entre os azulinos. O técnico Abdala  Salomão sabe da força do basquete paraense e da rivalidade que existe entre Remo e Paysandu. “Pretendemos fazer um grande campeonato e trazer a vitória para o Clube do Remo”, diz.
O Paysandu trouxe de Brasília o ala/pivô Thiago Melo, além de Júlio Toledo, também ala/pivô de Araraquara (SP). “Temos uma equipe estruturada e formada por jogadores locais, foi preciso trazer somente dois jogadores”, comentou Miguel Sampaio, diretor bicolor. O Paysandu ganhou a Copa Norte de Basquete, realizada no Maranhão, em junho, e desde então vem treinando. O ala William Dias, campeão pelo Remo em 2014 e pela AP em 2013, está retornando do Paraná, onde esteve jogando por uma equipe local, para defender o Bicolor.
A novidade boa no basquete é o retorno da Tuna Luso às quadras, depois de uma longa ausência  de 12 anos. Está voltando em parceria com o Nosso Basquete Paraense (NBP), mas na próxima temporada vai jogar com sua própria equipe, conforme declaração do presidente Charles Tuma. O time luso será dirigido por Maurício Leoni.
OS JOGOS
Os jogos do campeonato, segundo informação do vice-presidente, Marcelo Souza, serão de portões abertos ao público. A primeira rodada, na sexta-feira, 27, será disputada no ginásio Moura Carvalho, do Paysandu, que receberá a Tuna, às 19h45; e Remo x Cabanos, às 20h45. A segunda, no domingo, 29, será no ginásio Serra Freire, com Remo x Tuna, às 10h; e Paysandu x Cabano, às 11h30. A partir do dia 2 de dezembro, quando acontecerá o primeiro Re-Pa, todos jogos serão disputados no Ginásio do Sesi, localizado na Almirante Barroso. (Pararijos NEWS)