Google+ Badge

domingo, 18 de outubro de 2015

Ministro dos Portos anuncia medidas em Barcarena

Ministro dos Portos anuncia medidas em Barcarena (Foto: Ricardo Amanajás)
Ações emergenciais do Ministério dos Portos deverão atender as demandas dos moradores onde o naufrágio ocorreu (Foto: Ricardo Amanajás)
O Ministro dos Portos, Helder Barbalho, anunciou na noite desta sexta-feira (16), em entrevista coletiva, após um dia inteiro de visita a cidade de Barcarena, as ações que serão realizadas para diminuir os impactos sociais e ambientais causados pelo naufrágio de um navio, que ocasionou a morte de mais de quatro mil bois na semana passada no porto de Vila do Conde.
O anúncio foi feito em entrevista coletiva na sede da Companhia Docas do Pará e contou ainda com a presença de representantes da CDP e Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).
As ações serão realizadas em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).
Um subsídio de um salário mínimo também será entregue mensalmente às famílias que forem cadastradas pelas prefeituras e acompanhadas pelo Ministério Público Federal (MPF) enquanto durarem os serviços.
IMPACTO AMBIENTAL
No encontro, foram destacadas pelo presidente da CDP, Parsifal Pontes, as ações que objetivam diminuir os impactos ambientais na região.
Uma nova barreira de contenção de aproximadamente oito mil metros de extensão será instalada para tentar frear o avanço do óleo e de mais carcaças de bois mortos até a praia.
Segundo Ana Paula Fajardo, chefe da Antaq em Belém, até a próxima segunda-feira (19), deve ser feito o anúncio de três empresas que serão notificadas e poderão ser multadas por danos ambientais e o próprio naufrágio.
(Pararijos NEWS/DOL com informações de Cássia Medeiros/RBATV)