Google+ Badge

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Manaus quer levar o Papão


O presidente do Paysandu, Alberto Maia, revelou que o jogo entre Paysandu e CRB (AL) no dia 31 de outubro, previsto para o Mangueirão, pode ser transferido para Arena da Amazônia, em Manaus (AM) ou mesmo para a Curuzu. O faturamento nos jogos realizados no Mangueirão é uma das causas da transferência. “O Paysandu está tendo faturamento nos jogos em Belém muito aquém daquilo que precisamos. Vou à CBF esta semana para resolver isso e, se a proposta for boa, a tendência é que a partida com o CRB-AL seja realizada em Manaus-AM”, justificou.
O presidente revela ter uma proposta  de R$ 500 mil reais. Mas ainda aguarda por uma apresentação e confirmação oficial, embora não fale de onde é. Será a primeira vez que o Paysandu atuará na Arena da Amazônia.
Para  encontro com o Sampaio Corrêa dia 24, na Arena Castelão, o técnico Dado Cavalcanti já poderá contar com Yago Pikachu, o artilheiro do time com 8 gols. Pikachu, cuja ausência causou danos no esquema tático do treinador, cumpriu suspensão de três cartões amarelos. Além dele, Luiz Felipe também volta à equipe, livre da suspensão. João Lucas, titular da lateral esquerda, após uma licença da diretoria para dar assistência aos familiares, retornou e esteve no Mangueirão. Lamentou o empate do time bicolor. “Estou ótimo e renovado, depois de ver tudo resolvido o problema familiar.  Foi uma barra, mas venci. A minha esposa fez um parto legal. Agora é dedicar aos treinos para recuperar o tempo que fiquei sem trabalhar. O Paysandu não tem que dar mais mole. Nos resta ‘matar’ os jogos que faltam.” (Pararijos NEWS)