Google+ Badge

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Enem: boato de vazamento

Uma suposta proposta do tema de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) circulou pelas redes sociais na tarde de ontem. Procurado pelo G1, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirmou que nem essas imagens nem as que circularam pela manhã, denunciadas por um professor do Recife, são das provas deste ano e afirmou que “todo o material falso vazado será encaminhando para investigação da Polícia Federal”.
Na imagem da suposta redação, é possível ver um gráfico que aborda a intolerância religiosa no Brasil e está indicado que seria uma prova “cinza”. O Inep destacou ainda que vai levar à Polícia Federal esta imagem e as supostas capas de dois cadernos de prova, das cores azul e rosa, e de uma proposta de redação que cicularam pelas redes sociais na manhã de ontem.
Depois de tranquilizar os alunos pela manhã, o professor de matemática Marcello Menezes recebeu, à tarde, a nova imagem. “Na primeira foto que recebi, a redação vinha na página 3. Geralmente, a redação fica no verso da capa, é sempre um número par. Mas essa veio na página 2 e tem o número direitinho. É preocupante”, afirma o professor.
O exame tem 7.746.118 inscritos e será aplicado nos dias 24 e 25 de outubro neste ano. Pela primeira vez, o Ministério da Educação não vai encaminhar a versão impressa do cartão de confirmação pelos Correios. Outra novidade é que o candidato poderá salvar o cartão em seu computador no primeiro acesso para não ter que voltar ao sistema.
O documento apresenta o endereço do local de prova, os dados do candidato e a opção de língua estrangeira escolhida (inglês ou espanhol). Caso você não lembre sua senha, é possível recuperar o acesso ao site usando seu CPF, sua data de nascimento e o endereço de e-mail ou telefone celular indicado no formulário de inscrição. Para isso, é preciso acessar o endereço enem.inep.gov.br/recuperar-senha.html.
A recomendação do MEC é para que os candidatos visitem o local dias antes do Enem, para evitar imprevistos. O horário de verão 2015/2016 começou na madrugada de ontem e, neste ano, atinge dez estados brasileiros e no Distrito Federal. Por consequência disso, o Enem, que segue o horário oficial de Brasília, pode ter horários locais diferentes, dependendo do estado em que o candidato mora. No Pará, os portões fecham às 12 horas, no horário local. Neste ano, o horário de verão segue as mesmas regras de 2014 e vai durar até o dia 21 de fevereiro de 2016. (Pararijos NEWS)