Google+ Badge

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Líder de quadrilha especializada em roubo a banco é morto

“Cearazinho” era procurado em sete estados do Brasil“Cearazinho” era procurado em sete estados do Brasil
Policiais civis do Pará e do Ceará realizaram, ontem, uma operação integrada que resultou na morte do homem apontado como líder de uma associação criminosa responsável por roubos a bancos em sete Estados brasileiros. José Hamilton da Silva, de apelidos “Cearazinho” ou “Caim”, reagiu no momento da abordagem policial e acabou baleado, em Juazeiro do Norte, interior do Ceará. A operação contou com policiais civis da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) do Pará e da Delegacia de Roubos e Furtos do Ceará (DRF), com apoio do Departamento de Estratégia e Inteligência (DEI) da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania do Estado de Rondônia.
De acordo com o delegado Evandro Araújo, da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos e Antisequestro (DRRBA), da DRCO, José Hamilton era considerado o maior assaltante de banco das regiões Norte e Nordeste do país, na modalidade de assalto conhecida como “Novo Cangaço” ou “vapor”. Contra ele, havia 12 mandados de prisão decretados nos Estados do Pará, Amazonas, Acre, Rondônia, Ceará, Bahia e Mato Grosso.
No Pará, “Cearazinho” foi identificado como o responsável em comandar os assaltos a bancos na cidade de Placas, em 2014, e em Uruará, entre 2013 e 2015. Segundo o delegado, no último assalto, em Uruará, o acusado chegou a permanecer por 21 dias escondido na mata, pois tinha treinamento militar adquirido enquanto morou na Bolívia, onde integrava um grupo paramilitar. (Pararijos NEWS)