Google+ Badge

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Garoto é perseguido e morto


Um adolescente de 16 anos foi morto a tiros por volta das 16h30 de ontem, no bairro da Pedreira, em Belém. O crime ocorreu dentro de uma vila de casas, localizada na travessa do Chaco. De acordo com informações obtidas pela polícia, o garoto foi perseguido e executado por dois homens. Antes disso, houve troca de tiros e um dos homicidas foi baleado na perna pela vítima. A Polícia Militar fez buscas em hospitais e, pouco mais de uma hora depois, um suspeito foi encontrado no Hospital de Pronto-Socorro Municipal (HPSM) do Guamá.
O adolescente morava na travessa Curuzu, próximo do local do crime. Ele estava no canal da Visconde de Inhaúma quando foi surpreendido pelos assassinos. A vítima estava armada e reagiu ao ataque. Durante a troca de tiros, conseguiu atingir um dos homicidas. Em seguida, o garoto correu, mas foi alcançado pelos matadores. Testemunhas contaram que ele foi perseguido por dois homens e morto dentro de uma vila de casas. A vila São José está localizada na travessa do Chaco, entre Duque e Visconde.
Várias pessoas testemunharam o crime. Elas preferem não se identificar, mas afirmam que o adolescente era conhecido pelos assaltos que fazia no bairro. Algumas pessoas que estavam no local, inclusive, disseram ter sido vítimas dele. Para a polícia, os autores do crime eram conhecidos da vítima e moram na Pedreira. Nem as caraterísticas físicas deles foram descritas pelas testemunhas.
O sargento Araújo, da Ronda Tática Metropolitana (Rotam), esteve no local do crime. Ele contou que a polícia foi informada sobre a troca de tiros e, quando uma equipe chegou ao local, o adolescente já estava baleado. Os militares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.
Os familiares do garoto chegaram à vila rapidamente, mas preferiram não conversar com a imprensa. Para a polícia, a mãe disse que o rapaz cumpria medida socioeducativa - porque foi apreendido por porte ilegal de arma de fogo -, mas havia fugido recentemente do centro de internação. Um revólver calibre 38 foi encontrado com o adolescente e apreendido pela polícia. (Pararijos NEWS)