Google+ Badge

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Belém é uma das capitais mais violentas

No ano passado, Belém teve uma média de duas pessoas mortas por dia, vítimas de crimes violentos letais intencionais. A capital paraense registrou, em 2014, 734 assassinatos em números absolutos. Entre as capitais brasileiras, é a 7ª colocada nessa estimativa. A taxa de mortes para cada 100 mil habitantes de Belém foi de 77,3 em 2014, com uma variação de apenas -2,6% em relação a 2013. 
Os dados inéditos fazem parte da primeira série de levantamentos estatísticos do 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que acaba de ser divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. O levantamento foi realizado a partir de requisições às secretariais estaduais de Segurança Pública e/ou Defesa Social com base na Lei de Acesso à Informação (LAI) e também por meio de cruzamento de informações disponibilizadas pelas mesmas secretarias em seus respectivos websites.
O anuário também analisa, de forma inédita, os gastos com segurança pública no Brasil. Nesse caso, o Estado do Pará ficou na 10ª posição, na avaliação de gastos com segurança pública, com R$ 1,8 bilhão de investimento no setor. O Pará investiu menos que Goiás, por exemplo, que tem uma população 20% menor que a paraense.
No Brasil, foram 15.932 mortes nas 27 capitais, o que equivale a 1,81 assassinato por hora, praticamente o mesmo número em comparação ao ano anterior, de 15.804 óbitos registrados por essas mesmas causas (variação de 0,8% no número de casos).
(Diário do Pará/Pararijos NEWS)