Google+ Badge

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Hospital esclarece dúvidas sobre doação de órgãos

Hospital esclarece dúvidas sobre doação de órgãos (Foto: Divulgação)
A falta de uma cultura de doação de órgãos e a recusa familiar estão entre os principais empecilhos para a realização de transplantes. (Foto: Divulgação)
O Hospital Ophir Loyola realizará nesta quarta-feira (30), palestras educativas para esclarecer questões sobre a doação de órgãos no Pará e a importância da iniciativa.
Com o tema “Doe órgão, salve vidas”, a programação abordará a importância da família no processo da autorização da doação, além de enfatizar o papel da Comissão Infra-Hospitalar de Doações de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT).
A falta de uma cultura de doação de órgãos e a recusa familiar ainda estão entre os principais empecilhos para a realização de transplantes em todo país, em particular na região Norte.
De acordo com dados da Central de Transplantes do Pará, no Estado, cerca de 602 pessoas aguardam por transplante renal e 1015 por transplante de córnea.
Em 2014, o Pará teve 18 doadores de múltiplos órgãos, possibilitando a realização de 37 transplantes de órgãos oriundos de doador falecido e 13 intervivo. Em 2015, até o mês de agosto, foram efetivados 15 doadores de órgãos, possibilitando a realização de 28 transplantes com doador falecido e 9 com doadores vivos.
(DOL/Pararijos NEWS com informações da Agência Pará)