Google+ Badge

sábado, 14 de novembro de 2015

Evento debateu participação da mulher na política

Evento debateu participação da mulher na política (Foto: Fernando Araújo/Diário do Pará)
(Foto: Fernando Araújo/Diário do Pará)
Representantes do PMDB de todo o Estado participaram ontem do encontro paraense Mulheres em Ação, realizado durante toda a sexta-feira, 13, no Hotel Regente, em Belém. O senador Jader Barbalho, presidente do diretório estadual, e a deputada federal Elcione Barbalho estiveram à frente da abertura da programação. O evento tratou de temas como discriminação e violência contra o gênero, bem como debateu uma maior participação feminina no cenário político local e nacional.
A parlamentar, que representa o Pará na Câmara Federal e ocupa o cargo de Procuradora da Mulher da Câmara dos Deputados, ao dar as boas vindas aos presentes, não escondeu a felicidade em participar da realização do encontro. “Estamos incentivando e debatendo aquilo a que nos propusemos, que é a capacitação da mulher para ampliar nossa participação na política do País”, disse.
LUTA DA MULHER
O senador, por sua vez, destacou a importância dos temas escolhidos e se disse feliz por fazer parte de um partido político que faz da situação da mulher no Brasil uma agenda de trabalho. Jader Barbalho disse ainda que os homens precisam compreender a luta da mulher pelo reconhecimento de seu talento e de seu trabalho. Ele lembrou de uma pesquisa que diz que 13 mulheres são assassinadas por dia, sendo que a maioria dos crimes é praticada pelo companheiro, namorado ou marido. 
“Haverá um dia em que aprenderemos com a sensibilidade feminina a cuidar de todas as vidas, de trabalhar juntos para tornar o mundo mais humano”, declarou o senador. Na sua fala, Jader Barbalho trouxe à mesa o tema do aborto e sua reprovação em relação ao projeto aprovado na Comissão de Justiça da Câmara Federal, que dificulta o caminho para que mulheres violentadas tenham a permissão legal para o ato. “A mulher deve ter liberdade de escolha sobre o próprio corpo”, destacou o senador.
(Carolina Menezes/Pararijos NEWS)