Google+ Badge

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Rebelião em Marituba já dura três horas

Rebelião em Marituba já dura três horas (Foto: Cezar Magalhães/DOL)
(Foto: Cezar Magalhães/DOL)
Já dura mais de três horas a rebelião feita por detentos do Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I). A revolta iniciou após uma suposta tentativa frustrada de fuga. Quatro agentes prisionais foram feitos reféns, sendo que um deles já foi liberado com ferimentos feitos por um cachorro, de acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário (Susipe).
A rebelião iniciou por volta das 6h30 de hoje, quando os detentos saiam para o café da manhã. A intenção era realizar uma fuga em massa, mas a ação foi frustrada e quatro agentes prisionais foram feitos reféns.
Segundo a Susipe, um agente prisional foi liberado após sofrer ferimentos pela mordida de um cachorro. Já familiares dos detentos afirmam que o detento teria sido ferido com coronhadas dos amotinados.
Familiares também afirmam que há internos feridos com tiros. A Susipe nega a informação. 
Equipes da Rotam estão dentro do presídio. De fora do local, é possível ouvir tiros. 
SUPERLOTAÇÃO
Uma das principais reclamações dos presos é a situação de superlotação do PEM I: a penitenciária tem capacidade para 404 detentos, mas abriga aproximadamente 702.
(DOL/Pararijos NEWS)