Google+ Badge

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Minha e tua São Sebastião da Boa Vista

Panela preta no fogão de lenha fritando camarão. Par de peneira secando após a dona-de-casa amassar o açaí e, ao fundo, garrafa com suco de urucum, usado pra dar coloração ao alimento. Sarda assada na brasa do fogão de lenha após ser retirada do rio pelas mãos do pescador. Cenas de nossa Boa Vista obtidas nos nossos passeios semanais a comunidades da zona rural. Hospitalidade, humildade, fartura e preservação de costumes ancestrais indígenas que reforçam a necessidade de valorização da nossa cultura cabocla local. Estar aqui e fazer parte desta natureza ímpar é mais que um sonho, é uma forma de viver agradecido a Deus por ter tanto a ver e mostrar a vocês, amigos (as) boavistenses espalhados por este mundo todo. É também uma forma de lhe dizer que, aqui, no Marajó, na minha e tua São Sebastião da Boa Vista, ainda tem muito a ser visitado, conhecido e respeitado por cada um de nós APAIXONADOS por nossa Veneza do Marajó. 
Por Andrey Muller