Google+ Badge

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Um dia só de expectativas


A quinta-feira foi de silêncio sobre novas contratações do Paysandu. Até se esperava uma contratação de impacto, apoiado em  uma situação curiosa: um porta voz oficial do clube, que é a conta Paysandu no microblog Twitter, chegou a anunciar uma nova aquisição para as próximas horas. Mas a postagem foi eliminada quase que imediatamente. A reportagem apurou que o nome seria do atacante Bruno Veiga, no entanto, o acordo não foi sacramentado, como estava inicialmente previsto. Por enquanto, os números permanecem apontando 12 atletas contratados.
E a maior novidade foi o retorno do zagueiro Gualberto, já em Belém, depois de férias em São Paulo. Gualberto foi um dos responsáveis pela campanha bicolor positiva realizada no Campeonato Brasileiro da Série B. No final, acabou afastado por conta de uma contusão que o tirou da reta final do nacional. A confirmação da reintegração de Gualberto é considerada chave em um momento de reformulação do plantel. Não há certeza, porém, do quadro clínico do beque, que aparentemente está recuperado da lesão, tendo participado de um trabalho físico na tarde desta quinta-feira, dia 7, na academia do Estádio da Curuzu.
Ainda de acordo com a assessoria de imprensa do Paysandu, Gualberto passará por avaliação rigorosa dos médicos do clube para saber como está fisicamente. Ele chegou a ser alvo de uma cirurgia no menisco joelho direito, ainda no início de dezembro, em decorrência de um baque na partida contra o América-MG, pela 35ª rodada da Série B, dia três de novembro.
Enquanto Gualberto está integrado, há certa expectativa com relação a outro atleta que ainda não deu as caras na Curuzu. O atacante Betinho não definiu com precisão quando retorna a Belém. Alega-se que o período de férias a mais foi por conta de problemas pessoais, acertado anteriormente com a direção. Segundo o Paysandu, o centroavante deve se reapresentar em breve. Betinho é o único remanescentes do plantel de 2015 que ainda não reapareceu pela Curuzu.
O plantel do Papão vai iniciar oficialmente a pré-temporada na próxima segunda-feira, dia 11. A delegação deverá ficar em um hotel localizado na Avenida Mário Covas, em Ananindeua, até o dia 23, realizando treinos nos campos do Kaza e da Desportiva.
Grupo contará com acompanhamento de nutricionista
Se não teve reforços para o plantel, a diretoria do Paysandu resolveu direcionar a “artilharia’ para a comissão técnica. Na temporada 2016, os jogadores serão assistidos por uma nutricionista, que é Cecília Guimarães.  O trabalho será realizado ao lado em conjunto com a comissão técnica, liderada pelo treinador Dado Cavalcanti, e com o Departamento Médico do Paysandu.
De acordo com a profissional, a ideia é que o trabalho seja amplo envolvendo toda a alimentação do grupo de jogadores. “Vamos trabalhar focado na melhora de rendimento dos jogadores, supervisionando todo o setor da alimentação. Vou trabalhar na pré-temporada do Paysandu na parte do hotel, estabelecendo a alimentação que os atletas irão ter e, quando o CT do clube estiver pronto, estarei trabalhando diretamente na alimentação deles”, disse.
Cecília terá a responsabilidade de fazer um acompanhamento específico para cada atleta. “O acompanhamento vai ser diário, e estamos também com a intenção de cuidar da alimentação dos jogadores foras das atividades do clube, estabelecendo dietas balanceadas de acordo com a necessidade de cada jogador”, afirmou.
A ideia não é apenas auxiliar, como também conferir presencialmente se as recomendações estão sendo cumpridas.“Vou estar presente nas refeições, principalmente no café da manhã, almoço e jantar. Estarei vendo de perto se o jogador está cumprindo com aquilo que foi estabelecido e periodicamente eles estarão indo ao consultório para a gente avaliar e acompanhar de perto todo esse trabalho”, disse.
O trabalho é mais uma maneira de provar a reestruturação do clube, oferecendo aspectos profissionais “Esperamos que todo esse trabalho reflita em vitórias dentro de campo, pois tudo isso irá melhorar o condicionamento físico dos atletas nos jogos e dará uma condição de vida melhor a eles”, finaliza.
Clube anuncia mudança no fornecedor de material esportivo
O presidente do Paysandu, Alberto Maia, pronunciou-se para definir que o Paysandu terá outra novidade dentro de campo. Não são exatamente reforços. Diz respeito ao fornecedor de material esportivo do clube. O Paysandu vai romper com a atual marca, como foi anunciado no fim do ano passado. “Nação Bicolor, decisão tomada: nova marca de Material Esportivo do Paysandu Sport Club está chegando. Batido o martelo, aguardem o lançamento”, esquivou-se Alberto Maia, instigado por vários seguidores no microblog twitter.
De acordo com informações não oficiais, porém, é possível cravar que o clube vai lançar uma marca própria, com autonomia de design e na distribuição dos produtos. A tendência é que a parceria com a Bomache se estenda. A fornecedora, no entanto, vai apenas produzir a camisa, adotando a palavra ‘Payxão’ como base. A diretoria definiu a nova forma de comércio depois de declinar propostas de fornecedores famosos, mas que ofereciam menos de 20% do valor da camisa. A previsão é que o torcedor conheça os novos produtos até o início do Campeonato Paraense, dia 31 de janeiro.
Outra situação nova é que o Paysandu vai lançar um aplicativo próprio para smartphones e tablets, que vai circular informações a respeito do calendário de jogos, do elenco e notícias variadas. (Pararijos NEWS)