Google+ Badge

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Cidade argentina proíbe concurso de beleza

Cidade argentina proíbe concurso de beleza (Foto: Miss Argentina/Divulgação)
(Foto: Miss Argentina/Divulgação)















A cidade de Chivilcoy, no Estado de Buenos Aires, proibiu concursos de beleza em festas estatais por serem discriminatórios, sexistas e promoverem a violência contra as mulheres. Os vereadores decidiram que não vai mais haver "rainha" ou "princesa" de festas populares.
O texto da secretaria de gênero do município afirma que "esses concursos de beleza entre crianças, adolescentes e jovens reforçam a ideia de que as mulheres devem ser valorizadas e premiadas exclusivamente pela aparência física, baseada em esteriótipos, promovendo assim, em muitos casos, uma verdadeira obsessão pela beleza corporal, por um ideal de perfeição que nunca se alcança e até mesmo pode ser a disparadora de doenças como a bulimia, anorexia e outros transtornos alimentícios".
A lei municipal também considera que organizar uma competição e qualificar a beleza é algo discriminatório, que é simbolicamente e institucionalmente violento para mulheres e crianças. Os concursos de beleza aconteciam na data em que se comemora a fundação da cidade.
(Pararijos NEWS, com informações de Folhapress)