Google+ Badge

domingo, 10 de janeiro de 2016

Novo calendário já está em vigor na capital

Novo calendário já está em vigor na capital (Foto: Cezar Magalhães/Arquivo)
População poderá realizar a vacina nas unidades de saúde da capital. (Foto: Cezar Magalhães/Arquivo)
Os postos de saúde de Belém já estão realizando as mudanças previstas pelo Ministério da Saúde sobre o calendário de vacinação. O intuito é dar maior eficácia na prevenção de doenças e o público poderá realizar vacina no horário de 8h até às 17h, de segunda a sexta.
Uma das mudanças feitas é a vacina papiloma vírus humano (HPV). O novo método atende para duas doses, sendo a segunda aplicada num prazo de seis meses após a primeira aplicação. A mudança envolve o público feminino.
Os bebês também sofreram alterações no calendário. A vacina pneumocócica 10 valente está reduzida em uma dose para a pneumonia. Agora, a dose deverá ser tomara aos dois e quatro meses, com possibilidade de um reforço quando a criança atingir 12 meses.
O combate à paralisia infantil também envolve mudanças. A terceira dose da vacina passa a ser injetável para prevenção. O último caso registrado no país foi em 1989.
A vacina inativada poliomielite (VIP) será aplicada na criança num período entre dois a seis meses de vida, por meio de injetável. Por outro lado, a vacina oral poliomielite (VOP) continua sendo aplicada com 15 meses de vida da criança, como forma de reforço.
As doses de vacina contra a meningite continuam sendo feitas aos três e aos cinco meses, porém com mudança: a partir de agora a nova vacina será feita com doze meses e não quinze como eram realizadas anteriormente.
O calendário de vacinação atende requisitos feitos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e segundo o Programa Nacional de Imunizações (PNI), cerca de 300 milhões de imunobiológicos são entregues anualmente.
(DOL/Pararijos NEWS)