Google+ Badge

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

UFPA aumenta a exigência

A Universidade Federal do Pará (UFPA) divulgou ontem uma nova regra de corte para os candidatos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Só poderão concorrer a vagas da instituição pelo sistema os estudantes que tiverem obtido mais de 400 pontos nas provas de conhecimento e mais de 500 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2015.
Mais de 35 mil estudantes se candidataram até terça-feira (12) a 1.225 vagas ofertadas pela universidade em 135 graduações no Sisu. O número corresponde a 20% do total de vagas disponíveis em 2016. O curso de Medicina da Federal do Pará continua entre as maiores notas de corte do país.
Para garantir uma das 15 vagas do curso (sendo sete para o primeiro semestre e oito para o segundo) o estudante deve ter, no mínimo, 872,04 pontos. Na parcial divulgada na última terça-feira, a nota de corte da UFPA foi de 868,38 pontos.
O curso de Direito (Matutino) tem a segunda maior nota de corte da UFPA com 853,53 pontos. Para entrar em Engenharia Naval o estudante precisa de 838,38 pontos e em Arquitetura e Urbanismo de 832,77. A lista com os nomes dos aprovados no Sisu será divulgada na próxima segunda-feira (18), no site do sistem a de seleção. Os aprovados devem fazer as matrículas na universidade entre os dias 22 e 26 de janeiro.
Na matrícula os estudantes devem apresentar o RG, CPF, título de eleitor, comprovante de quitação com as obrigações militares (para candidatos homens maiores de 18 anos), histórico escolar e comprovante de conclusão do ensino médio. Quem for aprovado na condição de cotista deve levar documentação que comprove a renda familiar per capita menor ou igual a 1,5 salário mínimo.
No Pará, além da UFPA, ofertam vagas pelo Sisu o o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Univesspa).  (Pararijos NEWS)