Google+ Badge

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Messi supera Neymar e C. Ronaldo e conquista 5ª Bola de Ouro



O futebol genial de Lionel Messi, do Barcelona, foi premiado mais uma vez, nesta segunda-feira: o argentino foi eleito o melhor jogador do mundo em 2015. Ele recebeu 41.33% dos votos e superou Cristiano Ronaldo (27.76%) e Neymar (7.86%). É a 5ª vez que o camisa 10 do Barcelona conquista o Prêmio Bola de Ouro, em Zurique, na Suíça
"É um momento especial voltar a ganhar a Bola de Ouro, depois do Cristiano Ronaldo ganhar nos últimos 2 anos. É incrível que seja o 5º. É muito mais do que eu imaginava quando era pequeno", declarou Messi, quando subiu ao palco para receber seu prêmio. 

Os 3 melhores jogadores do mundo em 2015 (Foto: Getty Images)
Messi teve um ano brilhante, com 52 gols e 26 assistências em 60 jogos, mas o que decidiu foi o grande número de títulos. E ele foi campeão de quase tudo que podia: Mundial de Clubes, Liga dos Campeões, Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Supercopa da Europa. Foi protagonista no Barça ao lado de Neymar e Luis Suárez, consolidando um trio de ataque que já está na história do futebol.
Essa foi a 9ª vez que Messi esteve entre os indicados a melhor do ano - desde 2007 ele sempre aparece entre os 3 melhores. Agora é disparado o maior vencedor do prêmio, já que Cristiano Ronaldo, Zinedine Zidane e Ronaldo têm 3 troféus. Neste ano, a revista France Football fez um estudo no qual cogitava quantas Bolas de Ouro Pelé ganharia se o prêmio fosse mundial nas décadas 60 e 70. Foi concluído que ele teria 7 - ou seja, ainda ficaria com vantagem contra Messi, mas o argentino tem 28 anos e caminha a passos largos para alcancá-lo.
Cristiano Ronaldo ao lado da melhor jogadora do mundo de 2015, Carli Lloyd (Foto: Getty Images)
Quando ganhou a Bola de Ouro de 2014, Cristiano Ronaldo deixou claro que tinha como meta alcançar Messi no número de Bolas de Ouro. Nesta segunda, ele ficou mais longe desse objetivo, mas pareceu estar tranquilo durante toda a premiação e apenas prometeu seguir lutando para buscar seu objetivo: "quero continuar a trabalhar duro e me dedicar 100%. Isso é o que eu amo fazer, jogar futebol. Ainda sou capaz de jogar mais anos e tentar ser o melhor. Esse é o meu objetivo", afirmou, mesmo antes do resultado final ser divulgado.
Neymar cumprimenta Eto'o durante premiação (Foto: Getty Images)
Neymar ficou bastante atrás, com apenas 7% dos votos, mas já tem muito a comemorar, pois colocou o Brasil nessa disputa após 8 anos - Kaká foi o último na disputa, quando venceu em 2007. Nesta segunda, o camisa 11 do Barcelona elogiou diversas vezes seus dois "ídolos", Messi e Cristiano, e prometeu comemorar: "só de estar nesse prêmio já é uma vitória. Se ganhar, a gente fez festa. Mas se não ganhar, faz festa também", afirmou, arrancando risos da platéia.
Outros prêmios
Em uma cerimônia que demorou 1h30min, a Fifa distribuiu mais 4 prêmios individuais nesta segunda-feira, além de divulgar o time ideal de 2015. O grande destaque brasileiro foi Wendell Lira, do Vila Nova-GO, que ganhou o Prêmio Puskas de gol mais bonito do ano. Ele fez a pintura quando jogava pelo Goianésia. Esse troféu foi decidido por votação popular.

Wendell se emocionou e fez um bonito discurso (Foto: Getty Images)
A melhor jogadora do mundo em 2015 foi Carli Lloyd, eleita melhor jogadora da Copa do Mundo de 2015. Entre os técnicos, ganharam dois grandes campeões: Luis Enrique, que conquistou tudo no Barça, superou Jorge Sampaoli, do Chile, e Pep Guardiola, do Bayern de Munique. Já a melhor treinadora foi Jill Ellis, que comandou a seleção dos Estados Unidos ao título no Mundial de 2015. Estes prêmios são eleitos por um colégio eleitoral formado por capitães e técnicos de seleções, além de jornalistas de vários países. 
O time ideal de 2015, de acordo com a FifPro, ficou formado por Manuel Neuer; Daniel Alves, Thiago Silva, Sergio Ramos, Marcelo; Luka Modric, Paul Pogba e Andrés Iniesta; Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo. Foi exibida no telão uma montagem em que esses jogadores tocavam a bola entre si. A finalização do lance foi um gol do português do Real Madrid. (Pararijos NEWS)