Google+ Badge

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Festa na casa alheia

O Paysandu fez festa na casa do rival. O bicolor, apesar da derrota de 4 a 3, sagrou-se campeão de futsal da categoria Sub-13 na manhã de ontem no ginásio Serra Freire. O Papão acabou beneficiado pela vitória por 3 a 1 sobre o Remo, no jogo de ida, disputado no sábado no ginásio do Núcleo de Esporte e Lazer. Na contagem agregada, deu Paysandu por 6 a 5. Foi o segundo título alvi-azul na temporada. No mês passado, o bicolor conquistou o certame de adulto, depois de 33 anos sem titulo. Ontem foi a vez do Sub-13, onde também não ganhava nessa categoria há exatos nove anos. O Remo buscara o tricampeonato. Lutou muito para manter a hegemonia, mas no final, mesmo ganhando o jogo por 4 a 3, rendeu-se ao espírito guerreiro dos meninos do Papão que sempre acreditaram no título.
O Remo deu a impressão de que levaria o campeonato. Marcou dois gols bem rápidos. Antes dos cinco minutos de jogo vencia por 2 a 0 com os tentos de Eduardo e Flexa, em lances bem criados. Os bicolores não ficaram assustados. Matheus, num raro oportunismo, diminuiu e colocou o Paysandu na briga. No segundo tempo, os ânimos ficaram quentes, com lances emocionantes. O Remo fez 3 a 1 com Lukinha. A torcida foi ao delírio e ficou mais ouriçada quando Flexa em cobrança de falta sem barreira marcou o quarto gol - 4 a 1. Era festa garantida. Mas nos segundos finais, Yago marcou o segundo gol bicolor, levando a partida para a prorrogação de 10 minutos.
O Remo em busca do quinto gol e o Papão do empate ou de um gol e foi o que aconteceu com Maicon cobrando falta sem barreira assinalou o terceiro gol e do título. Aí o bicolor se segurou até o fim para festejar a honrosa conquista.
“Este campeonato é da superação. Poucos acreditaram na gente, mas com esforço e muita dedicação conseguimos o nosso objetivo. Trabalhamos, treinamos bem e hoje (ontem) estamos comemorando”, contou Henrique Amaral, 32 anos.  (Pararijos NEWS)