Google+ Badge

sábado, 15 de novembro de 2014

Mulher foi morta por envolvimento com Pet

Amizade de Layane com Pet não teria agradado o namorado da vítima, que estava na prisão
Layane Gomes Soares, 20 anos, é a identidade da mulher morta na tarde de sexta-feira (14) por dois homens identificados como “Chandão” e “Madruga” em uma rua próximo à avenida Independência, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém. Segundo a Polícia Militar, ela teria tido envolvimento com o cabo Pet.
De acordo com os policiais militares, a mulher foi morta por ser amiga muito próxima de Pet, o que não agradou o ex-namorado identificado como Ramon Gomes dos Santos, 26 anos, que estava preso no PEM I , em Americano, e é acusado de ser o mandante do crime.
Adicionar legenda
Ramon foi trazido do PEM I até a seccional da Cidade Nova, para prestar esclarecimentos, pois o celular de Layane foi apreendido pela polícia, o que deixou claro o envolvimento dos dois. Em depoimento, Ramon disse que não tinha nenhuma ligação com o crime. Com base nas mensagens trocadas entre o casal por celular, Ramon foi autuado por homicídio.
Os dois homens acusados de serem os executores do crime estão sendo procurados pela polícia, e o caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios (DH).