Google+ Badge

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Jumbinho é inocentado pelo júri e Cachorro de Natal pega semiaberto


Oziel Gomes Rodrigues, vulgo “Jumbinho”, que era réu no Júri Popular ocorrido hoje (12), no prédio da Câmara de Breves foi inocentado da acusação de ser o mandante do crime que vitimou Emanoel do Socorre Ferreira Oliveira. No mesmo julgamento Laurimar Leite de Oliveira, vulgo “Cachorro de Natal” confessou a autoria do crime e foi condenado a 7 anos de reclusão. Com a redução e a delação da pena por ter confessado a autoria ele recebeu a sentença de 3 anos 7 meses em regime semiaberto, que cumprirá de início na colônia agrícola “Heleno Fragoso”, em Santa Izabel-PA.  

Trabalharam com defesa: advogado de Humberto Feio Bulhosa e Rosendo Barbosa de Lima Neto. Acusação à promotoria de justiça.  
O promotor que atuou no caso recorreu da sentença.

Caso Milton Moraes

“No dia 18 de novembro, será a vez de João Machado dos Santos, Benedito Almeida dos Santos, vulgo “Preto Velho” e Adriano Silva dos Santos, vulgo Driko”, sentarem no banco dos réus. Vitima Milton Moraes dos Santos Junior. Capitulação Penal art 121.
Defesa: Defensoria Publica Estadual.  Advogado assistente de acusação Robson Cristiano Leão Matos.

Cara de Jaca, Piché e Charles
Dia 19 de novembro será a vez de Pedro de Lima Farias vulgo “Cara de Jaca”, Hido Serrão da Costa vulgo “Piché’” e Charles de Souza Costa vulgo “Charles”. Vitima Jedielson Pinheiro de Jesus. Capitulação Penal art 121.
Defesa: Defensoria Publica Estadual.
Acusação: Ministério Público do Estado
O Tribunal do Júri da Comarca de Breves funciona sob o comando da juíza Dra. Vanessa Ramos Couto titular da 2ª Vara Cível Penal, Tribunal do Júri e Execução Penal.


(Pararijos NEWS)