Google+ Badge

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Jornalista do SBT leva nove tiros em Altamira

O jornalista Lucas do Carmo Alves, 24 anos, cinegrafista da TV Vale do Xingu, afiliada ao (SBT), foi alvejado por vários tiros na manhã de ontem em frente da própria residência, quando estava saindo no carro da empresa para trabalhar, em Altamira no oeste do Pará. De acordo com Wilson Soares, presidente da Associação dos Profissionais de Imprensa de Altamira, Transamazônica e Xingu (ASPIATX), Lucas do Carmo e outros dois profissionais da imprensa local foram ameaçados na frente da Delegacia de Polícia Civil de Altamira, na noite anterior ao crime, possivelmente pelo irmão de um traficante de armas, que havia sido preso há cerca de 10 dias. “Entendemos que atos de violência dessa natureza afrontam o livre exercício da atividade jornalística, e ofendem o Direito Constitucional de manter a população informada sobre casos de interesse da sociedade”, disse Wilson.
A ASPIATX encaminhou nota ao Sindicato dos Jornalistas do Estado do Pará - Sinjor e as autoridades locais, pedindo que seja apurada a violência cometida contra o jornalista, identificando e punindo os culpados e que restabeleça a ordem a que a população tem direito de acordo com a Lei. “O episódio nos preocupa por se tratar de uma área urbana sobre rígido controle das autoridades policiais”, concluiu Wilson Soares.
Lucas recebeu nove dos 10 tiros disparados. O profissional passou por cirurgia no Hospital Regional da Transamazônica e continua internado com quadro clínico estável. As marcas dos tiros ficaram  na lateral da porta do veículo que foi periciado pelo Instituto Médico Legal (IML). A Policia Civil abriu inquérito para apurar o caso. Ninguém foi preso.
Amazônia Jornal