Google+ Badge

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

"Esmola sobre as águas" é usada em curso na UFPA

Reportagem especial é usada em curso na UFPA (Foto: Cézar Magalhães/DOL)
Famílias ribeirinhas têm se arriscado nas águas do rio Arapiranga para pedir esmolas às embarcações que fazem o trajeto Belém-Cotijuba (Foto: Cézar Magalhães/DOL)
 
O trabalho investigativo e jornalístico que resultou na premiada reportagem especial "Esmola sobre as águas", assinada pelo repórter Kleberson Santos, os editores Ângela Bazzoni e César Modesto, o multimídia Demax Silva e o analista de desenvolvimento Rodrigo Fiel, serve até como base para discussões sociais, educacionais e acadêmicas na Universidade Federal do Pará (UFPA).
Segundo o professor Nicolau Rickman, pedagogo e mestre em Educação e Políticas Públicas, a reportagem especial foi utilizada por ele na disciplina "Educação do Campo", ministrada na turma de Pedagogia da UFPA Campus Bragança/Capanema. "Utilizei parte do texto e mais o vídeo como material de apoio pedagógico, para contribuir com o debate e reflexão", destacou.
O alcance e a relevância do especial, como é possível notar, vai além de somente um conteúdo elaborado com maior atenção e planejamento, mas também ajuda a discutir o papel social da prática jornalística, ao tentar intervir na melhoria da sociedade através de registros e denúncias.
Tal papel também foi observado por Rickman, que afirmou em entrevista que costuma ler o DOL duas vezes ao dia (logo no início da manhã e à noite). Para ele, "o papel da imprensa, deve sim ser de informar, porém tendo clareza que informar é também 'formar', daí eu sempre afirmar que ser jornalista é ser, antes de tudo, educador", enfatizou com a propriedade de quem já ministrou disciplinas como "Introdução à educação" e "História da Educação".
Atualmente, também é coordenador pedagógico do Ensino Médio do Núcleo Pedagógico Integrado (NPI). "Sou entusiasta de matérias como essa, que conseguem fazer do jornalismo um instrumento de educação social, tornando o jornalista um educador popular", finalizou.
ESPECIAL
A reportagem especial "Esmolas sobre as Águas - Exploração do trabalho infantil em rio amazônico" foi publicada em 30 de julho e destacou uma rotina pouco conhecida e em geral ignorada nos rios da Amazônia: a utilização de crianças e adolescentes, que arriscam suas vidas em busca de alimentos, roupas, dinheiro e variados objetos para somar na renda de suas famílias.
A reportagem foi feita no rio Arapiranga, no trajeto entre Belém e ilha de Cotijuba. Os pequenos ribeirinhos são vistos se equilibrando sobre rabetas para receber donativos de turistas que navegam próximo das comunidades, geralmente isoladas, durante expedições turísticas e passeios fluviais da rota.
Com trabalho inovador no Estado e que já ganhou repercussão na região, ao ser vencedora na categoria regional do 1º Prêmio MPT de Jornalismo, promovido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), a reportagem se credenciou para ser finalista na etapa nacional, cujo resultado será divulgado dia 11 de dezembro.
(Pararijos NEWS, com informações de Enderson Oliveira/DOL)