Google+ Badge

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Dois mortos na madrugada


Dois homens foram mortos a tiros na madrugada de ontem, em Belém, por homens encapuzados e vestidos de preto num carro prata. Os policiais civis da Divisão de Homicídios avaliam que os crimes não parecem estar relacionados, apesar das coincidências: as duas vítimas usavam drogas, tinham 32 anos e foram socorridas em carros de mão, mas morreram a caminho do hospital.
A primeira vítima foi Alessandro dos Santos Cunha, conhecido como “Boto”, que foi baleado na passagem Santo Afonso, numa área da rodovia Arthur Bernardes. Era por volta de 1h15 quando o carro prata se aproximou e dele saíram homens encapuzados e vestidos de preto. Moradores da área ouviram pelo menos cinco disparos, mas apenas um projétil atingiu Alessandro, no peito. Uma testemunha ouvida pelo delegado Dauriedson Bentes da Silva apontou que o carro era um sedã.
Familiares e amigos de Alessandro o colocaram num carrinho de mão e o levaram até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Pratinha. A UPA estava fechada quando eles chegaram. Alessandro morreu na porta da unidade e os parentes ficaram desesperados. Suspeita-se que o crime tenha relação com o tráfico de drogas, por causa de dívida, mas a atuação de um grupo de extermínio não foi descartada.
Menos de 20 minutos depois, Silas Salatiel Lourenço Nascimento foi assassinado com quatro tiros na Quarta Rua do bairro da Marambaia, entre a rua da Marinha e a avenida Dalva. A mesma descrição dos executores e do veículo usado foi recebida pelos policiais da Divisão de Homicídios.
Imediatamente após o baleamento, Silas foi socorrido num carro de mão, mas não resistiu aos ferimentos. A vítima já havia sido presa e tinha respondido a processo por tráfico de drogas.(Pararijos NEWS)